Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Nubank lança oferta de investimentos em CDB pelo aplicativo

0

O Nubank está sempre em busca de novas formas de conquistar e manter os seus clientes. Agora, a fintech anunciou a inclusão de investimentos em Certificados de Depósitos Bancários (CDB) na plataforma. Inicialmente, os clientes vão poder investir em CDBs de instituições financeiras parceiras, pós-fixados e atrelados ao CDI, com aplicação inicial de R$ 500. A nova opção de investimento vai ser disponibilizada de forma gradativa para os clientes, durante as próximas semanas.

Natal dos investimentos: tradicional alta da Bolsa pode não ocorrer

O que é CDB?

O CDB é a sigla para o Certificado de Depósito Bancário. Ele é um título de renda fixa, o qual os bancos emitem para conseguir dinheiro e financiar as suas atividades de crédito. Na prática, você empresta dinheiro para o banco e, em troca, recebe uma rentabilidade. Através do CDB, as instituições bancárias conseguem financiar os seus projetos, fazer investimentos e pagar dívidas. Além disso, conseguem manter as suas atividades de crédito.

Como funciona o CDB do Nubank?

Ao investir em um CDB, você empresta o seu dinheiro ao banco. Em troca, na data de vencimento, você vai receber o seu dinheiro de volta, além de uma rentabilidade. Ou seja, vai retornar para você, o valor principal investido mais os juros (lucro).

Todo CDB tem um prazo de vencimento e eles variam muito. Os CDBs disponíveis no app do Nubank possuem prazos de resgate de 6, 12, 18, 24 e 36 meses. Sendo assim, são indicados para as estratégias de investimento de médio a longo prazo.

Antes de fazer o investimento, você deve conferir o prazo da opção que escolheu e garantir que esteja de acordo com os seus objetivos. Isso porque o dinheiro aplicado no investimento, não deve ser o mesmo que você vai precisar a curto prazo.

Quais os impostos desse investimento?

Em suma, os investimentos em CDBs têm a incidência de Imposto de Renda (IR). O mesmo toma de 15% a 22,5%, conforme a tabela regressiva do Imposto de Renda, e acontece na hora do resgate. Ou seja, quanto mais tempo você deixar o seu dinheiro investido, menor vai ser o seu imposto.

Confira abaixo; a tabela regressiva do IR:

  • Até 180 dias: 22,5%;
  • De 181 a 360 dias: 20%;
  • De 361 a 720 dias: 17,5%;
  • Acima de 721 dias: 15%.

Além do Imposto de Renda, nos CDBs há também o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). O imposto incide sobre os rendimentos dos resgates realizados com menos de 30 dias, após a data de aplicação.

Enfim, quer saber mais sobre tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Lais Monteiro / shutterstock.com

Comentários do Facebook

- Publicidade -