Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Open Banking coloca o brasileiro no centro do mundo financeiro

A promessa do Banco Central é que o Open Banking permita ao usuário trocar de banco com a mesma facilidade que muda de operadora de celular.

0

O início da nova era com o Open Banking no Brasil está próximo. Em agosto, os dados do perfil financeiro de clientes poderão ser compartilhados entre os bancos, fintechs e demais empresas financeiras digitais. Com isso, o Banco Central (BC) deseja propiciar uma forte competição no setor bancário. Essa “revolução” sem dúvida promete colocar o brasileiro ainda mais em evidência no setor financeiro.

Open Banking coloca o brasileiro no centro do mundo financeiro

Com o Open Banking e a quebra de monopólio da informação, cai uma das grandes barreiras de entrada para quem busca desafiar os 5 maiores bancos do Brasil; ou seja, o Itaú Unibanco, o Bradesco, o Banco do Brasil, o Santander e a Caixa Econômica Federal.

Dessa forma, o simples fato de ter os dados de clientes vai deixar de ser uma vantagem competitiva. Afinal, o Open Banking abre portas para outras formas de concorrência, como, por exemplo, por meio do uso de inteligência artificial e da especialização. Além disso, a qualidade do serviço, as ótimas experiências digitais e os melhores preços e condições também farão a diferença.

De acordo com Roberto Campos Neto, presidente do BC, “com a abertura das plataformas de serviços e de dados e o estímulo à livre concorrência e aos novos entrantes, espera-se o aumento da competição no sistema financeiro, fato que poderá contribuir para a redução dos custos dos serviços e do crédito”. Assim, o Open Banking deve deixar o brasileiro em evidência, com diversas opções de produtos e serviços.

Pelo menos essa é a estimativa do BC: que o Open Banking possa estimular a competição. Além disso, as mudanças não devem ocorrer de um dia para o outro. Todos os bancos, fintechs e clientes têm um longo caminho pela frente para se adaptar a esse novo sistema. Afinal de contas, a promessa do Open Banking é que trocar de banco seja tão fácil quanto mudar de operadora de celular.

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Wright Studio / shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...