Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Padronização de extratos bancários começa segunda-feira (08); entenda o que muda

Padronização de extratos bancários inicia segunda-feira (08). Leia e saiba o que muda e como isso afeta você.

A partir de segunda-feira, uma importante mudança acontecerá no setor bancário brasileiro. Todas as instituições financeiras associadas à Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN) iniciarão um processo de padronização das nomenclaturas utilizadas nos extratos bancários. Esta medida busca auxiliar na compreensão dos correntistas, especialmente aqueles que lidam com contas em diferentes bancos.

Este ajuste inicial focará em uniformizar os termos usados para as operações de saque e depósito. Conforme informado pela FEBRABAN, as divergências atuais entre as denominações podem confundir os usuários, uma vez que um mesmo tipo de operação pode ser descrito de diversas formas, dependendo do banco.

Por que a padronização dos termos nos extratos é importante?

Pessoa realizando cálculos em calculadora com extratos do cheque especial
Imagem: shisu_ka / shutterstock.com

Assim, a multiplicidade de nomenclaturas em uma mesma função financeira dificulta que correntistas gerenciem suas contas de maneira eficiente. Com mais de quatro mil tipos de nomenclaturas diferentes em uso atualmente, a padronização promete simplificar notavelmente o entendimento das atividades bancárias para todos os clientes.

Segundo Walter Faria, diretor-adjunto de Serviços da FEBRABAN, a alteração não é apenas terminológica, mas visa simplificar a experiência bancária. A partir da próxima semana, saques com cartão em agências serão registrados como “SAQUE DIN CARTAO AG”, e depósitos em ATMs serão uniformemente relatados como “DEP CHEQUE ATM”.

Veja também:

Caixa anuncia IOF ZERO para compras nos cartões de crédito; saiba mais

Benefícios da universalização dos termos

  • Maior clareza: operações financeiras serão mais facilmente compreendidas, reduzindo erros e mal-entendidos.
  • Gerenciamento eficaz: correntistas poderão gerenciar suas finanças financias de maneira mais eficiente, independente do banco escolhido.
  • Redução de discrepâncias: diminui a inconsistência nas informações bancárias, criando um ambiente mais transparente e confiável.

Ademais, essa iniciativa da FEBRABAN é apenas o começo de um plano mais abrangente que incluirá outras operações financeiras no futuro. Assim longo prazo, espera-se que esta padronização traga uma harmonização geral que beneficie todos os envolvidos no sistema financeiro nacional. Fazendo do Brasil um exemplo em termos de transparência bancária.

Imagem: shisu_ka / shutterstock.com