Um dos maiores objetivos das fintechs é oferecer soluções para a população desbancarizada, ou seja, que ainda não tem conta em banco. Estima-se que tenha 45 milhões de pessoas nessa situação no Brasil, sendo que boa parte trabalha de forma informal. Mirando os motoristas do Uber, o Banco Inter fechou uma parceria que irá oferecer contas digitais a quem trabalha dirigindo pelo app. As duas empresas receberam investimentos do mesmo fundo japonês, o SoftBank, que usa essa estratégia de firmar parcerias entre suas startups já em outros países.

É provável que você também goste:

40% dos consumidores utilizaram cartão de crédito de fintechs nos últimos 12 meses

Golpe do falso fiscal do Procon ataca estabelecimentos comerciais

Boa Vista dá dicas para proteger documentos, cartões e celulares no carnaval

Parceria entre Banco Inter e Uber é apoiada pelo SoftBank

O SoftBank investe em empresas latino-americanas pelo mega fundo SoftBank Innovation Fund, lançado há um ano para ajudar empresas de tecnologia a crescer. O valor do fundo é de US$ 5 bilhões e é o maior desse setor na região. Essa parceria entre Banco Inter e Uber pode beneficiar o banco, afinal o Brasil é o segundo país que mais usa o Uber, perdendo apenas para os Estados Unidos. Já São Paulo é a cidade do mundo que mais concentra corridas no aplicativo.

Felipe Fujiwara, vice-presidente do fundo, disse que eles buscam sinergia entre as empresas que possuem no portfólio. “Dar uma conta digital do Banco Inter para motoristas do Uber é uma receita adicional que nenhum empreendedor poderia prever”, afirmou durante um evento em São Paulo.

A participação que o SoftBank tem no Banco Inter hoje é de 15%. Outras empresas que receberam recursos do fundo no Brasil foram Loggi, Creditas, QuintoAndar, Gympass, Buser, MadeiraMadeira e Volanty, por exemplo.

Uma vantagem do Banco Inter em relação a outras fintechs sem dúvida é a possibilidade de abrir conta mesmo com o nome negativado. Ele dá direito a saques gratuitos com o cartão de débito, pagamento de boletos, opções de investimentos e TEDs ilimitadas.

Para fazer investimentos pelo Banco Inter, é possível usar a plataforma PAI, desenvolvida pela fintech. Lá são oferecidas opções de investimentos em renda fixa, renda variável, fundos de investimento, ofertas públicas e previdência privada. Mas primeiramente, é preciso preencher um questionário para saber qual é o seu perfil de investidor.

Um a cada três brasileiros não tem conta em banco

De acordo com o Instituto Locomotiva, um terço da população brasileira não movimenta a conta bancária há mais de seis meses ou não tem uma conta. Entretanto, isso não quer dizer que são pessoas economicamente inativas: esse grupo movimenta R$ 800 bilhões por ano.

Uma vantagem da inclusão dos cidadãos no sistema bancário é o acesso a crédito. Sem poder parcelar compras, financiar bens ou pedir dinheiro emprestado, os consumidores demoram muito mais para adquirir o que precisam. Se tivessem acesso ao crédito, seria bom para eles e para a economia do país.

Há ainda uma diferença de gênero e etnia na população desbancarizada, sendo 60% desse grupo do sexo feminino e 69% negros ou pardos. São pessoas que ainda utilizam o dinheiro vivo para quase todas as suas atividades, sendo que 51% dizem já ter usado o cartão de crédito emprestado de outra pessoa.

Uber tem plataforma de pagamentos em outros países

No ano passado, a Uber anunciou que a sua plataforma de pagamentos, Uber Pay, chegaria ao Brasil em breve. A responsável pela operação na América Latina seria a fintech brasileira Ebanx, que também atende Spotify, Aliexpress e Airbnb, permitindo que os clientes paguem em sua própria moeda.

O Uber Pay irá permitir que os clientes coloquem créditos no aplicativo para usar em corridas e também possam comprar outros serviços. Há ainda parcerias para que os motoristas tenham desconto em determinadas empresas ao fazer o pagamento pelo app.

Um serviço que já existe é o Uber Cash, que dá 5% de desconto se você adicionar saldo para usar em corridas do Uber ou nas entregas do Uber Eats. Os créditos para o app também podem ser adquiridos pelo PicPay.

NOTA DE ESCLARECIMENTO DA UBER

A assessoria de imprensa da Uber entrou em contato com a redação do Seu Crédito Digital e NEGOU A EXISTÊNCIA DA PARCERIA COM O BANCO INTER. Sendo assim, pedimos desculpas a nossos leitores.

Enfim, gostou da matéria?

Então, siga o nosso canal do YouTube, e nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao assunto de fintechs.

Imagem: Hassan OUAJBIR, via Pexels.