Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Pesquisa revela que Brasileiros querem pagar no máximo R$ 300 para ver um show

Brasileiros preferem shows acessíveis: pesquisa revela limite de R$ 300. Leia mais e confira dicas para economia nos eventos!

O prazer de assistir a um show ao vivo está se tornando um luxo? Uma pesquisa recente da Serasa, em parceria com o instituto Opinion Box, mostra que a maioria dos brasileiros hesita em gastar mais de R$ 300 por um ingresso para shows. O estudo, que ouviu 1.398 participantes em março de 2024, revelou não apenas esta preferência de gastos, mas também abordou os custos adicionais das ocasiões.

Além do valor do ingresso, os gastos médios com alimentação e bebidas durante os eventos podem representar uma despesa adicional de cerca de R$ 200. Para os fãs que viajam até outras cidades para acompanhar seus artistas favoritos, o custo pode aumentar consideravelmente. Transporte, hospedagem e alimentação fora do contexto do show podem elevar o gasto total para até R$ 1.000 por indivíduo.

Por que muitos brasileiros limitam seus gastos com shows?

Diante das cifras apresentadas, muitos entusiastas da música estão agora buscando experiências mais acessíveis ou até mesmo evitando certos eventos. A decisão de ser mais cauteloso com os gastos não se resume apenas a uma questão de economia, mas também reflete uma abordagem mais abrangente em relação à gestão financeira.

fãs em show
Imagem: A_Lesik/ Shutterstock

Outro aspecto relevante revelado pela pesquisa é a tendência na compra de ingressos. Apesar das preocupações com os custos, 59% dos entrevistados indicaram uma preferência pelo pagamento com cartão de crédito e a possibilidade de parcelamento sem juros. Esse método oferece uma flexibilidade que permite aos fãs gerenciar melhor seus gastos mensais sem abdicar do prazer.

Quais são as dicas para economizar?

Para aproveitar ao máximo um show ao vivo sem estourar o orçamento, é essencial fazer uma pesquisa prévia sobre os preços dos ingressos em diferentes plataformas e estar atento a promoções. Além disso, planejar o transporte e a hospedagem, buscando opções econômicas como caronas compartilhadas e acomodações acessíveis, pode garantir uma experiência mais acessível.

Veja também:

Caixa e Banco do Brasil Liberam Grande Presente: R$ 117 e R$ 1.295

Optar por trazer seus próprios lanches e bebidas de casa ou decidir comprar fora do local do evento pode ser uma estratégia inteligente para economizar dinheiro com alimentação. Essa abordagem permite que você desfrute da sua música favorita sem o ônus financeiro excessivo que pode surgir ao consumir no evento.

Imagem: Melinda Nagy / Shutterstock.com