Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

PicPay e PagBank ofertam 120% do CDI como rendimento, mas qual é o melhor para investir?

Confira as principais diferenças entre eles

0

Os investimentos do PicPay e do PagBank já ofereceram os maiores rendimentos em CDI do mercado — 210% e 200%, respectivamente. Porém, com as frequentes altas da Selic, essas opções têm diminuído a sua rentabilidade e hoje pagam 120% do CDI para seus clientes. Ok, mas se as duas opções oferecem as mesmas condições de rentabilidade, qual é a melhor para investir? Para saber a resposta, confira a seguir!

PicPay e PagBank ofertam 120% do CDI como rendimento. Qual escolher?

A princípio, uma diferença entre as duas propostas de investimento é a cobertura do FGC, o fundo garantidor de crédito. Ele dá mais segurança ao investidor pois faz ressarcimento do dinheiro investido (até o valor de R$ 250 mil) em caso de falência da instituição financeira.

Assim, no caso do PagBank, com rendimento de 120% do CDI, a instituição oferece cobertura do FGC. Além disso, o banco informa que os investimentos possuem o desconto de Imposto de Renda e também de IOF. É importante ressaltar que o desconto do IR é progressivo. Ou seja, quanto mais tempo você deixar o dinheiro parado, menos será o desconto. Confira a tabela:

Prazo da aplicaçãoAlíquota de IR
Até 180 dias22,5%
De 181 a 360 dias20%
De 361 a 720 dias17,5%
Acima de 720 dias15%

No caso do IOF, o desconto só é feito se o dinheiro for retirado antes de 30 dias após a aplicação. Depois desse período, você já não paga o imposto.

E o PicPay?

Enfim, no caso do PicPay, entretanto, a instituição afirma que não oferece cobertura do FGC. Quanto ao Imposto de Renda, a situação é a mesma do PagBank. Ou seja, os rendimentos ainda sofrem desconto de imposto de renda (entre 22,5% e 15% do rendimento, dependendo do período pelo qual o valor ficou aplicado) e imposto sobre operações financeiras (caso o dinheiro fique parado por menos de 30 dias).

Por fim, é possível perceber que a principal diferença entre os dois é em relação à proteção do FGC. Contudo, segundo o PicPay, não há risco em colocar seu dinheiro com a carteira digital:

“Assim como o Fundo Garantidor de Créditos (FGC), o dinheiro no PicPay possui garantia na forma de títulos públicos federais. Para cumprir deveres regulatórios, o valor disponível em sua carteira é investido nesses títulos do governo”, afirma a empresa em seu site.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de créditoempréstimosfintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Gsign76 / Shutterstock.com

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar

Fechar