Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Pix de R$ 300 para mães do Bolsa Família: Lula aprovou valor, confira!

Saiba como o governo Lula está beneficiando mães chefes de família do Bolsa Família com um auxílio extra de R$ 300 através do Pix.

O governo brasileiro, liderado por Luiz Inácio Lula da Silva (PT), está lançando benefícios exclusivos para as mães que são chefes de família, uma vez que elas representam a maioria dos beneficiários do Bolsa Família.

A saber, essa iniciativa visa proporcionar uma ajuda adicional para lidar com os gastos mensais relacionados às crianças.

A inscrição no Cadastro Único dá prioridade à representante feminina da família, embora não seja obrigatório que a mãe seja a inscrita. No entanto, o governo busca incluir no programa Bolsa Família as mães que enfrentam desafios adicionais ao cuidar dos filhos.

Benefícios complementares para mães do Bolsa Família

Imagem de um celular aberto com o aplicativo do Bolsa Família em cima de uma pilha de dinheiro
Imagem: Adao / Shutterstock.com

No ano passado, quando o Bolsa Família foi retomado no país, o governo introduziu um tipo diferente de pagamento, além do valor mínimo garantido a todos os grupos. Dependendo da composição familiar, é possível aumentar o valor a ser recebido.

Os benefícios complementares abrangem grupos familiares com crianças, gestantes e jovens. Dessa forma, as mães que frequentemente dependem do programa como principal fonte de renda recebem um auxílio maior todos os meses.

  • R$ 600: valor inicial para todas as famílias do programa;
  • R$ 150: adicional para cada criança de 0 a 6 anos;
  • R$ 50: adicional para cada criança acima de 7 anos, jovens até 18 anos, gestantes e bebês de 6 meses.

Isso quer dizer que, no caso de uma família que conta com duas crianças de até 6 anos, por exemplo, o benefício extra será de R$ 300 por mês.

Veja também:

Corra! Desenrola Brasil permite renegociar suas dívidas com 96% de desconto até março

Como aumentar o valor recebido no programa?

Portanto, para aumentar o valor recebido no Bolsa Família, é necessário que a família tenha em sua composição bebês, crianças, jovens ou gestantes. Ademais, o governo federal precisa ter acesso a todas as informações que comprovem quem são as pessoas que vivem no mesmo endereço. Isso ajudará na implementação dos benefícios extras. Para isso:

  • Mantenha os dados no Cadastro Único atualizados;
  • Apresente certidão de nascimento e/ou documento com foto de cada uma das crianças sob sua responsabilidade;
  • Informe a data de nascimento, além dos dados pessoais de cada uma das crianças;
  • Por fim, espere a atualização do benefício conforme a nova composição familiar.

Em resumo, essas medidas garantem que as famílias recebam o valor adequado de auxílio, contribuindo para o sustento e bem-estar das crianças e jovens beneficiários do programa Bolsa Família.

Imagem: Adao / Shutterstock.com