Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Por que o Banco Inter vai para a Nasdaq?

0

O Banco Inter enviou para a SEC, agência reguladora norte-americana similar à CVM, um documento com dados para pedir a permissão para operar nos Estados Unidos da América (EUA). Em suma, a ida para a bolsa de Nova York foi anunciada neste mês de novembro, e deve fortalecer a posição do Inter como uma companhia global. Abaixo, descubra porque o Banco Inter vai para a Nasdaq.

Como solicitar microcrédito de até R$ 1.000 no Caixa Tem

Inter: Indique e ganhe kits exclusivos ao indicar o banco para os amigos!

Banco Inter dá importante passo para lançar ações na bolsa de Nova York

Estão relacionados no arquivo encaminhado à comissão americana um resumo de todas as operações do Banco Inter, além de dados de gestão de riscos, números contábeis e operacionais, além do modelo de negócio. O objetivo do arquivo é apresentar o Inter ao mercado americano e ganhar a chancela da agência para iniciar a negociação das suas ações fora do Brasil.

O Banco Inter vai manter as suas negociações na B3 em forma de BDRs. No entanto, a estimativa da companhia é que os principais acionistas migrem a sua posição para a Class A Shares negociadas em Nasdaq. Em suma, o aval da SEC é um passo importante para a confirmação do Inter em Nasdaq.

Além da bênção da agência reguladora, uma AGE com acionistas deve ocorrer no dia 25. Está em pauta a reorganização societária, necessária para a migração. A proposta passa por uma incorporação de ações do Banco Inter por uma holding do Brasil. Ela vai entregar aos acionistas ações resgatáveis em duas formas: 1) BDRs – recibos de ações estrangeiras da Inter Plataform e negociadas na B3; 2) dinheiro, conforme laudo de avaliação independente, ao valor de R$ 45,84 para cada 3 ações ou 1 unit.

Ademais, a modulação do processo tem sido feita com assessoria financeira do Bank of America, Bradesco BBI, J.P. Morgan, Itaú BBA e BTG Pactual, Além disso, há a assessoria legal do Machado Meyer Advogados (Belo Horizonte), Cleary – Gottlieb Steen & Hamilton – Estados Unidos (Nova York) e Brasil (São Paulo) e Demarest Advogados (São Paulo). Com a reformulação, a Inter Platform deve controlar a instituição no Brasil.

Por que o Banco Inter vai para a Nasdaq?

Em suma, há 4 fatores que levaram o Banco Inter a investir na Nasdaq. Confira abaixo:

  1. Abertura de novos mercados e acesso a oportunidades apoiando a aceleração dos planos de crescimento internacional do Banco Inter, possibilitando o aumento da base de clientes, serviços e oferta de produtos;
  2. Maior acesso ao mercado de capitais global via nova listagem com estrutura de capital mais eficaz, possibilitando a elevação da capacidade de investimento e crescimento do Banco Inter em todas as linhas de negócio;
  3. Potencial do crescimento e diversificação da base de investidores, elevando a liquidez do Banco Inter e tornando-a mais interessante;
  4. Por fim, o reposicionamento do Banco Inter, que permite a participação em futuras oportunidades internacionais de mercado. Tais como a aquisição de ativos estratégicos, consolidação e combinações de negócios.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de créditoempréstimosfintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Brenda Rocha – Blossom / shutterstock.com

Comentários do Facebook

- Publicidade -