Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Posso ficar negativado por não pagar o plano de saúde?

Saiba se o plano de saúde pode negativar seu nome e entenda os riscos envolvidos ao não realizar o pagamento das mensalidades!

Ter um plano de saúde é fundamental para garantir acesso ágil e qualificado a tratamentos e consultas médicas. No entanto, as dúvidas sobre as consequências de não pagar as mensalidades são frequentes, como a negativação do nome.

Dessa forma, saiba mais informações sobre os riscos envolvidos a partir desta situação. Continue a leitura para mais detalhes!

É possível ficar inadimplente ao não pagar o plano de saúde?

Estetoscópio por cima de uma calculadora e folhas com gráficos, em alusão à contratação de um plano de saúde.
Imagem: Fabio Balbi / shutterstock.com

O não pagamento das mensalidades pode sim levar a uma negativação do nome, mas há um processo a ser seguido pela operadora, que inclui notificação prévia. Caso haja inadimplência, a operadora pode proceder com a negativação após comunicação por escrito, dando um prazo para regularização da dívida.

É crucial destacar que a interrupção do plano de saúde por falta de pagamento não elimina a dívida existente. Mesmo que o serviço seja cancelado, as parcelas devidas até a data de cancelamento ainda são devidas e seu pagamento necessário para a “limpeza do nome”.

Ademais, uma dúvida comum é se indivíduos negativados podem adquirir planos de saúde. A resposta é positiva. As operadoras de saúde não podem se recusar a oferecer plano devido a restrições creditícias do contratante, garantindo o acesso aos serviços de saúde independentemente da situação financeira do indivíduo.

Como funciona o serviço?

Basicamente, o plano de saúde opera como uma subscrição mensal. Ao pagar uma quantia pré-determinada todo mês, o usuário tem acesso a uma série de serviços médicos e procedimentos conforme a cobertura contratada. Além disso, é crucial compreender os períodos de carência e a rede credenciada, que dão suporte ao acesso aos serviços de saúde ofertados.

Veja também:

Afinal, existe alguma diferença entre autuação e multa?

A cobertura do plano pode incluir consultas médicas, exames diversos, tratamentos e até internações, variando conforme o plano escolhido. No entanto, é comum que procedimentos estéticos e tratamentos experimentais não estejam inclusos, sendo esses custos de responsabilidade do paciente.

Imagem: Fabio Balbi / shutterstock.com