Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Poupança: Quem aplicou R$ 1 mil, perdeu R$ 62 em 1 ano, aponta estudo

As perdas na poupança se acumulam desde setembro de 2020.

0

Os dados da plataforma de informações financeiras Economatica não são animadores. Segundo a plataforma, a rentabilidade da poupança, com o desconto da inflação medida pelo IPCA em 12 meses, foi de -6,26% até junho de 2021. Sendo assim, essa é a maior perda de poder aquisitivo da aplicação desde outubro de 1991. Dessa forma, quem aplicou R$ 1 mil na poupança no período perdeu R$ 62,60 em 12 meses. 

Poupança: Quem aplicou R$ 1 mil, perdeu R$ 62 em 1 ano, aponta estudo

Conforme o relatório da Economatica: “não registrávamos queda de poder aquisitivo em níveis de -6,26% desde o mês de outubro de 1991, quando o poupador perdeu -9,72% em 12 meses”. Dessa forma, investir na poupança não foi a melhor escolha.

Além da poupança, a Economatica avaliou também a rentabilidade de outras aplicações financeiras, descontada a inflação medida pelo IPCA. De acordo com o estudo, quem investiu em ações conseguiu ganhar mais do que a inflação. Por outro lado, quem apostou no dólar, no CDI e no ouro também perdeu poder de compra.

Em 2021, o Ibovespa teve uma valorização acima da inflação medida pelo IPCA. O ganho chegou a 2,67% no ano, e 23,12% em 12 meses. Dessa forma, quem aplicou R$ 1 mil no Ibovespa, ganhou R$ 231,20, valor este já com o desconto da inflação. 

Assim como a poupança, o CDI teve um rendimento real negativo de -2,40% no ano, e de -5,60% em 12 meses. Já a cotação do dólar acumulou uma perda real de -7,24% em 2021, e de -15,69% no período de 12 meses, até junho de 2021. Por fim, o ouro teve o pior desempenho de todos. -14,30% de perda no ano de 2021, e -16,34% de retorno em 12 meses, descontado do IPCA desde até junho de 2021.

Perdas consecutivas

Esta é a 10ª vez consecutiva que quem aplica na poupança tem perda do poder de compra. As perdas na poupança se acumulam desde setembro de 2020. A maior sequencia de meses em queda, ocorreu entre fevereiro de 2015 e setembro de 2016. Naquele período, ocorreram 20 meses de perda de poder aquisitivo. 

De acordo com o Banco Central, apesar do rendimento negativo, a poupança registrou uma captação positiva em junho. Esse valor, representa o 3º saldo mensal positivo em 2021. Atualmente, a poupança rende 70% da taxa Selic.

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Baimieng / Shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...