Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Preenchimento automático de senhas se torna muito mais seguro após atualização do Google

Google trabalha para aumentar o nível de segurança de uma das suas principais ferramentas quando se trata de praticidade

0

A ferramenta do Google que preenche automaticamente as senhas é algo que facilita muito a vida das pessoas. Porém, a ferramenta tem que ser muito segura, já que o acesso indevido a essa funcionalidade por pessoas indevidas pode ser um verdadeiro desastre. Em 2020, o Google começou a usar os mecanismos de autenticação da empresa para aumentar ainda mais a segurança. 

É provável que você também goste: 

Corretora de criptomoedas Coinbase faz parceria com Google e Apple

Porém, ativar essa camada extra de segurança digital tinha que possuir uma ativação individual em cada um dos dispositivos conectados em cada conta. Para corrigir esse contratempo, o Google redefiniu as configurações de preenchimento automático e ativou as configurações de preenchimento automático das senhas para vários dispositivos.  

O Google deu um grande passo para aumentar a segurança da ferramenta. O menu que antes chamava ‘’Segurança de Preenchimento Automático’ passou a chamar ‘’Preferências de preenchimento automático’’. O novo Menu é bem mais completo, com várias opções de segurança. Lá é possível solicitar a biometria antes do preenchimento de qualquer senha.  

Há muito tempo que basicamente tudo que você salva no Google é sincronizado em diversos dispositivos. A novidade do Google é que os mecanismos de segurança também passarão a ser sincronizados nos dispositivos que estão conectados aquela conta.  

Como de praxe, as novidades ainda não estão disponíveis para todos os usuários. O Google sempre começa a distribuir para um público restrito, posteriormente começa a liberar para os demais usuários. 

O Google também está trabalhando para aumentar a segurança dos usuários do Chrome. O navegador quer deixar os downloads do navegador bem mais seguros. Atualmente, quando um arquivo é baixado o navegador verifica se ele é malicioso, entretanto, a empresa espera aumentar ainda mais a segurança. Quando um arquivo for indicado com suspeito, o usuário poderá enviá-lo novamente para o Google, onde será feito uma breve análise mais aprofundada sobre o arquivo. 

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Anelovski/shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...