Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Presidente da Caixa revela que vai se mudar para a África se Bolsonaro perder as eleições

0

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, disse que se mudará para a África se o presidente Jair Bolsonaro (PL) não for reeleito este ano. De acordo com a colunista Bela Megale, do jornal O Globo, ele comunicou que iria para Uganda, Ruanda, Tanzânia, dia 30 na quarta-feira, durante um jantar promovido pelo grupo Esfera Brasil. 

O jantar, que teve cerca de  30 empresários presentes, teve a participação da secretária especial do Ministério da Economia, Daniela Marques. Pedro Guimarães disse que é ingenuidade pensar que a Caixa não voltará a ser o que era antigamente com qualquer presidente ao não ser  Bolsonaro. 

O presidente do banco citou como exemplo, o nome do ex-deputado Geddel Vieira Lima, ex-vice-presidente da Caixa entre 2011 e 2013. Que em 2017, a Polícia Federal achou R$ 51 milhões no apartamento do ex-deputado, e por isso foi preso.

A acusação apontou na época que existiam ligações que Geddel operava um esquema criminoso, desviando dinheiro da Caixa. Segundo Guimarães, quem menos mandava na Caixa era o presidente. 

Mudanças na cúpula da Caixa

No jantar, o presidente do banco disse que mudou 11 dos 12 vice-presidentes da Caixa ao assumir a presidência. Ainda afirmou a intenção de superar o Banco do Brasil daqui a alguns anos, dominando a área do agronegócio. 

Porém, de acordo com a colunista, ele informou no jantar que os planos estariam em risco caso o presidente Jair Bolsonaro viesse a perder as eleições. Disse também que os cargos na empresa voltariam a ser distribuídos entre as legendas partidárias.

Pesquisa eleitoral 2022

Em uma pesquisa realizada pelo PoderData na quarta-feira (30) e divulgada pelo site Poder360, mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em 1º lugar com 41% das intenções de voto. Com margem de erro de dois pontos para mais ou para menos.

  • 1º lugar: Luiz Inácio Lula da Silva (PT) – 41%;
  • 2º lugar: Jair Bolsonaro (PL) – 32%; 
  • 3º lugar: Ciro Gomes (PDT) –  7%;
  • 4º lugar: Sérgio Moro (Podemos) – 6%;
  • 5º lugar: João Dória (PSDB) –  3%; 
  • 6º lugar: André Janones (Avante) – 2%;
  • 7º lugar: Eduardo Leite (PSDB) – 1%;
  • 8º lugar: Simone Tebet (MDB) – 1%.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então, siga-nos no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar

Fechar