Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Programa Desenrola Pequenos Negócios alcança R$ 2,5 bilhões em negociação de dívidas

Saiba mais informações sobre o programa Desenrola Pequenos Negócios, voltado para renegociar dívidas de MEIs e microempresas brasileiras!

O programa Desenrola Pequenos Negócios tem como objetivo possibilitar a renegociação estratégica de dívidas bancárias de microempreendedores individuais e microempresas brasileiras. Até o momento, mais de 42 mil clientes aderiram, renegociando valores que totalizam R$ 2,48 bilhões.

Os números são da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), em conjunto com o Ministério do Empreendedorismo, da Microempresa e Empresa de Pequeno Porte, e o Ministério da Fazenda. Saiba mais informações na sequência!

Como funciona o processo de renegociação pelo Desenrola Pequenos Negócios?

mulher empreendedora em frente a um pequeno negócio
Imagem: Rawpixel.com / shutterstock.com

Aqueles que desejam regularizar sua situação e alavancar novamente o crescimento do seu negócio devem buscar as instituições financeiras participantes. Assim, sete bancos participam do programa, representando 73% do total da carteira de crédito de micro e pequenas empresas no Brasil. Entre eles: Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Itaú, Santander, Sicredi e Mercantil do Brasil.

Sendo assim, cada banco tem uma política específica, mas os descontos podem chegar até 90%, uma chance de liquidar dívidas atrasadas a um custo bem menor.

Quais são os resultados até agora?

Desde a sua implementação, os números são encorajadores. Iniciado com R$ 1,25 bilhão em dívidas negociadas até o meio de junho, o programa viu este número saltar para R$ 2,48 bilhões em poucas semanas. Trata-se, portanto, de um crescimento de 70%.

Veja também:

Pix de R$ 1.772 direto na conta pelo Novo BPC, confira!

Ademais, entre as condições para a renegociação pelo Desenrola Pequenos Negócios, o programa do governo federal abrange dívidas bancárias não quitadas até 23 de janeiro de 2024, destinadas a empresas de pequeno porte e que possuem faturamento anual de até R$ 4,8 milhões. Por fim, entre os benefícios oferecidos pelo programa, estão:

  • Taxas reduzidas: as novas condições de financiamento e a redução nas taxas de juros;
  • Flexibilidade no pagamento com os planos de parcelamento, oferecendo prazos que respeitam a capacidade de pagamento das empresas;
  • Retomada do crescimento, já que empreendedores podem reorganizar suas finanças sem o peso das dívidas sufocando suas operações.

Imagem: Rawpixel.com / shutterstock.com