Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Quais motivos mais levam os brasileiros a ficaram com nome sujo?

Descubra os 6 principais motivos que levam mais brasileiros a sujarem o nome e como evitar essa situação!

Segundo as últimas estatísticas da Serasa, o Brasil atingiu um novo recorde com cerca de 70,2 milhões de cidadãos inadimplentes. Logo, ter o nome sujo é uma preocupação muitos brasileiros, já que essa situação pode trazer diversas consequências negativas, dificultando o acesso ao crédito e a realização de sonhos.

Dessa forma, conheça os seis principais motivos que levam mais brasileiros a terem o nome negativado e aprenda como evitar essa situação. Continue a leitura para mais informações!

Motivos que levam os brasileiros a ter nome sujo

Jovem casal preocupado com as contas e com nome sujo.
Imagem: wayhomestudio / freepik.com

Confira abaixo, portanto, quais são os 6 motivos que mais deixam os brasileiros em situação de inadimplência.

1. Desemprego

O desemprego é um dos principais fatores que levam à inadimplência. Desse modo, sem uma fonte de renda estável, muitas pessoas têm dificuldade em honrar suas dívidas, resultando na negativação do nome. Entre as dicas para evitar ter nome sujo, estão:

  • Reserva de Emergência: Crie uma reserva financeira para momentos de crise;
  • Planejamento Financeiro: Adapte seu orçamento à nova realidade financeira o mais rápido possível;

2. Falta de planejamento financeiro

A ausência de um planejamento financeiro adequado leva muitos brasileiros a gastarem mais do que ganham, acumulando dívidas que não conseguem pagar. Confira, portanto, algumas dicas abaixo.

  • Orçamento Mensal: Faça um orçamento mensal detalhado, listando todas as despesas e receitas;
  • Controle de Gastos: Utilize aplicativos ou planilhas para monitorar seus gastos e evitar despesas desnecessárias;

3. Uso excessivo do cartão de crédito

O uso indiscriminado do cartão de crédito, especialmente sem controle, é uma das principais causas de endividamento e inadimplência. Assim, entre as dicas, estão:

  • Limite de Crédito: Estabeleça um limite de crédito que seja compatível com seu orçamento;
  • Pagamento Integral: Sempre que possível, pague a fatura integralmente para evitar juros altos.

4. Empréstimos e financiamentos

Contrair múltiplos empréstimos e financiamentos sem avaliar a capacidade de pagamento pode levar ao acúmulo de dívidas e, consequentemente, à negativação do nome. Para isso, as dicas são:

  • Avaliação de Necessidade: Reflita se o empréstimo ou financiamento é realmente necessário.
  • Capacidade de Pagamento: Analise sua capacidade de pagamento antes de assumir novas dívidas.

5. Emergências médicas

Despesas inesperadas com saúde podem levar à inadimplência, especialmente quando não há um fundo de emergência para cobrir esses custos. Sendo assim, entre as dicas para evitar ter nome sujo, estão:

  • Plano de Saúde: Invista em um bom plano de saúde para evitar gastos altos em emergências;
  • Fundo de Emergência: Tenha um fundo de emergência destinado a despesas médicas imprevistas.

6. Falta de educação financeira

Por fim, a falta de conhecimento sobre finanças pessoais leva muitos brasileiros a cometerem erros básicos, resultando em endividamento e nome sujo. Entre as dicas, estão:

  • Educação Financeira: Busque conhecimento sobre finanças pessoais através de cursos, livros e palestras;
  • Consultoria: Considere contratar um consultor financeiro para orientá-lo na gestão de suas finanças.

Conclusão e recomendações para pessoas com nome sujo

Entender os principais motivos que levam à negativação do nome é crucial para evitar a inadimplência. Com planejamento, controle e educação financeira, é possível manter as finanças em dia e evitar as consequências negativas de ter o nome sujo.

Veja também:

Qual o score necessário para conseguir um cartão de crédito?

Assim, adote medidas preventivas e busque sempre equilibrar suas despesas com sua capacidade de pagamento.

Imagem: wayhomestudio / freepik.com