Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Quais são as etapas de um requerimento no INSS?

As etapas do requerimento no INSS incluem agendamento, preenchimento e entrega de documentos, análise e resposta do órgão.

A espera pela análise do INSS é uma preocupação comum para muitos brasileiros que dependem dos benefícios previdenciários. Compreender as etapas do requerimento pode trazer clareza e tranquilidade durante esse período desafiador. Este guia completo aborda cada fase do processo de análise do INSS, desde o momento da solicitação até a obtenção da resposta final.

Ao conhecer essas etapas, os requerentes podem estar mais preparados para lidar com possíveis atrasos e entender melhor os prazos envolvidos. Vamos explorar detalhadamente os procedimentos envolvidos e fornecer dicas práticas para ajudar a diminuir o tempo de espera e facilitar o acesso aos benefícios previdenciários tão necessários.

Compreendendo as etapas do Requerimento no INSS

Celular com logo do INSS e elementos como calculadora, notas de dinheiro e caneta em volta
Imagem: rafastockbr / shutterstock.com

Primeiramente, é crucial entender as etapas do processo de requerimento do INSS. Este se divide em três fases principais: a Fase Inicial, onde ocorre a submissão do pedido e dos documentos iniciais; a Fase Instrutória, quando há a coleta de provas adicionais, como perícias ou inclusão de documentos; e a Fase Decisória, que é a avaliação final e a emissão da decisão sobre o benefício.

Em seguida, é importante estar ciente dos prazos estipulados pelo INSS para cada tipo de benefício. Auxílio-acidente, auxílio-reclusão, pensão por morte e salário-maternidade têm prazo de 60 dias. Auxílio por incapacidade tem prazo de 45 dias e o BPC/LOAS e outras aposentadorias têm prazo de 90 dias para a sua análise.

E se o prazo expirar?

Se o prazo exceder, o requerente pode exigir o cumprimento do prazo ao INSS. Nesses casos, podem haver juros sobre o valor do benefício devido ao atraso.

Para tornar o processo mais rápido e eficiente, é aconselhável reunir todos os documentos necessários antes do pedido, regularizar quaisquer pendências no CNIS e produzir as provas com antecedência. Em casos mais complexos, o recurso a uma ação judicial, como o mandado de segurança, também pode ser uma opção.

É importante estar sempre informado

Para acompanhar o andamento do pedido, pode-se utilizar o Meu INSS ou ligar para a Central 135. Além disso, vale ressaltar a importância de uma orientação profissional ao demandar benefícios do INSS, visto que um advogado especializado pode ajudar a navegar pelo processo e a garantir seus direitos.

Veja também:

SAIU! Calendário de pagamentos do Vale Gás de abril, confira!

A espera pelo benefício do INSS pode ser frustrante, mas este guia serve para mostrar que existem ferramentas para serem utilizadas a seu favor. Portanto, seja proativo e busque seus direitos para obter o benefício que você merece.

Imagem: rafapress / shutterstock.com