Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Quais são os estados mais pobres e os mais ricos do Brasil?

Descubra quais são os estados mais ricos e mais pobres do Brasil hoje. Leia mais neste artigo informativo.

A pobreza é uma realidade dura e variável no vasto território brasileiro. Enquanto alguns estados ostentam uma economia robusta e baixas taxas de pobreza, outros enfrentam sérios desafios econômicos, com grande parte de sua população vivendo em condições precárias. Essas disparidades são mais do que números: são histórias de vida que refletem desequilíbrios estruturais significativos no país.

No ano de 2023, a taxa média de pobreza no Brasil registrou uma leve melhoria, situando-se em 27,5%, um recuo significativo em comparação aos 31,6% em 2022. Apesar deste leve progresso, a verdadeira dimensão do problema permanece, manifesta na disparidade observada entre os estados mais ricos e os mais pobres do Brasil.

Quais são os estados brasileiros com maior e menor pobreza?

A imagem mostra o mapa do Brasil e a bandeira do país em cima. estados
Imagem: BUTENKOV ALEKSEI / shutterstock.com

É conhecido que o Produto Interno Bruto (PIB) é um indicador-chave no cálculo da riqueza de uma região, e no Brasil, os estados mais ricos geralmente são aqueles com maior PIB. No entanto, a realidade da pobreza e da riqueza vai além da mera contabilidade econômica. A distribuição de renda, entre outros fatores, desempenham papéis cruciais na definição da qualidade de vida da população.

São Paulo se destaca como o gigante econômico do país, com um PIB que atingiu a marca de R$ 2,7 trilhões em 2021. Notavelmente, os estados do Sudeste ocupam as primeiras posições entre os mais ricos, evidenciando a concentração de riqueza nesta região. Veja a seguir o ranking dos cinco estados com maior PIB no Brasil:

  • São Paulo: R$ 2.719.751 trilhões
  • Rio de Janeiro: R$ 949.301 bilhões
  • Minas Gerais: R$ 857.593 bilhões
  • Rio Grande do Sul: R$ 581.284 bilhões
  • Paraná: R$ 549.973 bilhões

Os estados mais pobres do Brasil

Na outra extremidade, o Maranhão apresenta os números mais desalentadores com relação à pobreza. Em 2022, 8,4% da população maranhense foi categorizada como extremamente pobre, vivendo com menos de R$ 200 por mês. Aqui estão os estados com os maiores índices de pobreza:

  1. Maranhão: 58,9%
  2. Amazonas: 56,7%
  3. Alagoas: 56,2%
  4. Paraíba: 54,6%
  5. Ceará: 53,4%

A discussão sobre as disparidades regionais no Brasil é essencial para entendermos não apenas a economia do país, mas também as diversas facetas sociais que influenciam diretamente a vida dos brasileiros. Investimentos em educação, saúde e infraestrutura são fundamentais para mudar esta realidade e oferecer melhores oportunidades para todos, independentemente do estado em que residam.

Imagem: BUTENKOV ALEKSEI / shutterstock.com