Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Quais são os principais golpes envolvendo transferências via Pix?

Saiba mais informações sobre como se proteger de golpes pelo celular com as dicas fornecidas pela Febraban!

Nos últimos meses, observou-se um aumento significativo nos esquemas de golpe em transferências via Pix, afetando diversos consumidores. Por sua vez, criminosos têm se aproveitado sobretudo das plataformas digitais para executar seus planos.

Dessa forma, as informações fornecidas pela Febraban (Federação Nacional dos Bancos) destaca a importância de se manter vigilante e adotar medidas preventivas para não cair em armadilhas robustas impostas por criminosos online e offline. Continue a leitura para mais informações!

Quais são os principais tipos de golpes atuais?

Golpe envolvendo bancos
Imagem: releon8211 / Shutterstock.com – Edição: Seu Crédito Digital

Confira abaixo, portanto, as principais fraudes que envolvem transferências via Pix de acordo com a federação.

Golpe da transação em análise

Ao realizar uma compra, algumas pessoas recebem mensagens de que a transação está “em análise” e não apareceu na fatura. Os golpistas aproveitam esse momento de dúvida para induzir a vítima a realizar ações comprometedoras.

Golpe da tarefa

Os criminosos entram em contato por meio de aplicativos de mensagens, oferecendo dinheiro para a realização de tarefas simples. Ao aceitar a proposta e fazer um pagamento inicial, o usuário é bloqueado e os criminosos desaparecem.

Clonagem do WhatsApp

Criminosos se passam por serviços oficiais e solicitam o código de segurança, muitas vezes enviado por SMS, o que lhes permite acessar e replicar a conta do WhatsApp do usuário.

Como evitar ser vítima dessas fraudes?

Para combater esse tipo de golpe, a Febraban recomenda uma série de atitudes protetivas. Primeiramente, é essencial nunca realizar ligação para números fornecidos em mensagens suspeitas. Contate sempre os canais oficiais do seu banco para verificar qualquer transação atípica.

Além disso, a configuração da verificação em duas etapas nos dispositivos móveis é uma maneira eficaz de proteger contas em aplicativos como o WhatsApp. Essa configuração dificulta consideravelmente a clonagem do seu dispositivo.

Veja também:

Beneficiários do Bolsa Família PRECISAM ter este comprovante para receber em Junho!

Por fim, é preciso ser também cético em relação a ofertas que parecem muito vantajosas ou que solicitam um investimento prévio para trabalhos simples. Logo, desconfie sempre de pedidos urgente de dinheiro ou transferências imediatas.

Imagem: releon8211 / Shutterstock.com – Edição: Seu Crédito Digital