Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Qual a melhor opção para levar dólar em viagens?

Saiba mais informações sobre como levar dólar em viagens internacionais e descubra qual é a melhor opção para você!

Na hora de planejar uma viagem internacional, uma das maiores preocupações é saber qual a melhor maneira de comprar dólar. Com a variedade de opções disponíveis, é essencial entender as particularidades de cada uma para fazer escolhas inteligentes e econômicas.

Aliás, a forma de moedas estrangeiras vem evoluindo rapidamente, graças aos avanços da tecnologia no setor financeiro. As opções se expandiram para além das tradicionais casas de câmbio, incluindo alternativas digitais que prometem mais comodidade e menores custos. Continue a leitura para mais informações!

Quais são as principais opções para comprar dólar?

Várias notas de dólares americanos dólar
Imagem: rafastockbr / shutterstock.com

No cenário atual, o viajante possui diversas maneiras de comprar dólar. Entender as características de cada uma é o primeiro passo para realizar um câmbio vantajoso. Conheça quais são elas:

Casas de câmbio e bancos

Comprar dólar em espécie ainda é uma opção popular. Casas de câmbio e bancos oferecem essa possibilidade, mas é importante estar atento às taxas administrativas e ao IOF de 1,1%. Além disso, há o inconveniente de ter que carregar dinheiro vivo, com os riscos que isso implica.

Contas globais

Por sua vez, as contas globais são uma inovação recente que vem ganhando espaço. Instituições financeiras que oferecem essa modalidade permitem a criação de carteiras digitais, operando em várias moedas. O usuário pode recarregar e fazer conversões por meio de um aplicativo, além de realizar saques em caixas eletrônicos no exterior, geralmente com custos reduzidos.

Cartões de crédito e pré-pagos são ainda uma boa opção para comprar dólar?

Ademais, os cartões de crédito internacionais e os cartões pré-pagos, conhecidos como travel money, continuam sendo uma alternativa viável, apesar da alíquota de IOF de 4,38%. Estas opções são seguras e práticas, especialmente para quem deseja juntar milhas ou aproveitar programas de fidelidade.

O câmbio é realizado no dia da compra e, no caso dos pré-pagos, o valor em reais é convertido e bloqueado na moeda escolhida. Entretanto, com a ascensão das contas globais, o travel money vem perdendo espaço no mercado por conta de suas tarifas, muitas vezes, mais altas e menor flexibilidade comparado às novas tecnologias.

Veja também:

Golpe do BPC rouba dados dos beneficiários; confira

Por fim, optar pela melhor forma de comprar dólar significa avaliar as taxas, a comodidade e os riscos associados a cada método. Com informação e planejamento, é possível economizar e garantir mais segurança para aproveitar sua viagem ao máximo.

Imagem: rafastockbr / shutterstock.com