Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Quando o auxílio Pé de Meia começará a ser pago pelo governo?

Descubra a data de início do pagamento do auxílio Pé de Meia pelo governo. Fique informado sobre esse benefício.

Durante uma coletiva de imprensa no Palácio do Planalto, o Ministro da Educação, Camilo Santana, anunciou que os pagamentos do programa federal “Pé de Meia” terão início no final de março de 2023. Destinado aos estudantes que concluírem o Ensino Médio, o programa oferecerá uma quantia substancial, podendo chegar a até R$ 9,2 mil.

Essa iniciativa visa não apenas apoiar financeiramente os estudantes que concluem essa etapa crucial da educação, mas também incentivar a participação no Enem. Reconhecendo a importância desse exame como uma ferramenta de avaliação e acesso ao ensino superior. O anúncio representa um passo significativo no compromisso do governo em fortalecer e incentivar a educação no país.

Quem pode participar do programa?

Para participar do programa “Pé de Meia”, é necessário que o estudante preencha determinados critérios. Primeiramente, ele deve estar matriculado na rede pública de ensino e estar cadastrado no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). Além disso, é fundamental manter regularidade na frequência escolar, obter aprovação ao final do ano letivo e realizar a matrícula escolar no ano subsequente.

Poupança do Ensino Médio Pé de Meia
Imagem: Sidney de Almeida / shutterstock.com

Outros requisitos incluem a participação nos exames do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e a realização do Enem para os alunos matriculados na última série do Ensino Médio. Importante notar que o benefício estende-se aos estudantes cuja renda familiar per capita mensal seja igual ou inferior a R$ 218. Visando proporcionar apoio financeiro a essa parcela da população estudantil.

Quem mais pode se beneficiar do Pé de Meia?

Além dos alunos do Ensino Médio, o “Pé de Meia” também beneficiará estudantes matriculados na Educação de Jovens e Adultos (EJA), com idades entre 19 e 24 anos. O valor da poupança, definido nesta sexta-feira, será retirado de um fundo de R$ 6,1 bilhões já repassado pelo governo federal para o programa em 2024.

Veja também:

General Motors receberá R$ 7 bilhões de investimento governamental até 2028

A Caixa Econômica Federal gerencia esse fundo. Com a iniciativa, o governo busca incentivar a conclusão do Ensino Médio e a participação dos estudantes no Enem. Além de auxiliar financeiramente famílias de baixa renda.

Imagem: Sidney de Almeida / shutterstock.com