Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Quem vai ganhar a diferença do Bolsa Família no novo Auxílio Brasil?

0

O valor do novo Auxílio Brasil, que vai substituir o Bolsa Família, ainda não possui definição de valores. Entretanto, o que já está certo, é que a medida provisória (MP), que criou o programa cita a garantia do mesmo pagamento entre os 2 benefícios. Portanto, quem ganhar menos do que ganhava no Bolsa Família, vai ganhar um benefício compensatório de transição. Saiba como isso como deve funcionar, e quem vai ganhar a diferença do Bolsa Família no novo Auxílio Brasil.  

Qual vai ser o valor do novo Bolsa Família, batizado de Auxílio Brasil?

Quem vai ganhar a diferença do Bolsa Família no novo Auxílio Brasil?

O benefício compensatório de transição, é um valor que vai ser pago exclusivamente para aquelas famílias que perderem dinheiro com a alteração do Bolsa Família para o Auxílio Brasil. Dessa forma, essa medida provisória cita que o pagamento seja igual ao que deixou de ser recebido, e portanto, terão direito. 

Seja membro

Para exemplificar, se uma família ganha atualmente R$ 200 do Bolsa Família, e vai ganhar apenas R$ 100, incluindo todos os benefícios que fazem parte do Auxílio Brasil, vai ganhar uma compensação financeira referente ao prejuízo. Ou seja, deverá ganhar outros R$ 100 para completar o valor que recebia antes. Entretanto, segundo o governo, não vai ganhar o benefício compensatório do Auxílio Brasil, as famílias que tiverem a redução no número de integrantes. 

De acordo com as regras do Auxílio Brasil, o valor do benefício não vai ser sempre o mesmo. Já os valores podem ser reduzidos gradativamente, e até encerrados, casos os programas sociais vinculados ao novo Bolsa Família passem a pagar os mesmos valores que eram dados até então. 

Então, uma família vai ter direito ao benefício compensatório, até que o valor recebido na época do Bolsa Família vai ser recomposto pelos outros programas sociais, se isso for possível. Já outra forma de redução ou aumento do benefício de transição é pela revisão de dados, também prevista na MP do Auxílio Brasil. 

Por fim, não há um limite previsto para o benefício compensatório ser pago. Além disso, o texto do programa apenas explica que o benefício deve se encerrar se a família deixar de atender aos requisitos para fazer parte do Auxílio Brasil. Por fim, o benefício compensatório deve começar a ser pago em novembro, se houver a implementação do novo benefício.

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: rafastockbr/shutterstock.com

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.