Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

R$ 2.100 ou mais na conta: saiba como liberar Bolsa Família e BPC juntos!

Descubra como acumular Bolsa Família e BPC, garantindo suporte financeiro máximo para famílias necessitadas

Muitas pessoas se questionam se é possível receber simultaneamente o Bolsa Família e o Benefício de Prestação Continuada (BPC), especialmente aquelas em situação de vulnerabilidade econômica no Brasil. Assim, este artigo esclarece dúvidas comuns e orienta sobre como proceder para garantir ambos os benefícios.

Em síntese, o Bolsa Família é um programa do governo federal destinado a famílias em condições de pobreza e extrema pobreza. Assim, para ser elegível, a renda per capita deve ser de no máximo R$ 218,00 mensais.

Por outro lado, o BPC é um benefício do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que contempla idosos acima de 65 anos e pessoas com deficiência de renda baixa. Neste caso, a renda per capita familiar não pode exceder 1/4 do salário mínimo vigente, que em 2024 é de R$ 353,00.

É possível receber tanto o Bolsa Família quanto o BPC?

Portanto, é possível acumular o Bolsa Família e o BPC, desde que cumpra os critérios de renda e demais requisitos de cada programa. Assim, a acumulação visa aumentar a cobertura e o apoio às famílias que se encontram em maior grau de necessidade. No entanto, é preciso cumprir os seguintes requisitos:

  • Cadastro no CadÚnico: Ambos os benefícios requerem que os interessados estejam registrados no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico);
  • Documentação: Manter documentação atualizada é crucial. Para o BPC, documentos que comprovem a deficiência ou idade avançada são necessários. Para o Bolsa Família, documentos que evidenciem a situação econômica da família;
  • Solicitação: A solicitação do Bolsa Família pode ocorrer nos CRAS ou nas prefeituras. Para o BPC, deve-se procurar uma agência do INSS ou acessar o site ou aplicativo Meu INSS (disponível para Android e iOS).

Assim, ao receber o Bolsa Família e o BPC juntos será possível receber cerca de R$ 2.100 por mês.

Mão segurando vários notas de 100 e de 50 reais
Imagem: Vergani Fotografia / shutterstock.com

Como manter a conformidade e evitar o cancelamento dos benefícios?

Enfim, é vital manter os dados atualizados no CadÚnico e estar atento às mudanças na legislação que podem afetar os critérios de elegibilidade. Assim, o não cumprimento dessas normas pode levar à suspensão ou ao cancelamento dos benefícios.

Veja também:

Empréstimo com garantia de celular: entenda como funciona e se vale a pena fazer

Assim, conhecer profundamente os procedimentos e manter-se informado através de canais oficiais são práticas recomendadas para todos que buscam maximizar os benefícios sociais oferecidos e garantir uma rede de segurança mais sólida.

Imagem: Vergani Fotografia / shutterstock.com