Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Receita Federal leiloa iPhone, MacBook, PS4, Xbox, Xiaomi e muito mais

Os lances podem ser realizados até o dia 04 de junho de 2021.

0

A Receita Federal está promovendo um grande leilão de itens apreendidos. Dentre os itens, há a possibilidade de arrematar um iPhone 7 Plus por R$ 250. Além disso, a Receita conta com celulares Xiaomi com lance inicial de R$ 370, bem como kits com duas unidades do PlayStation 4, a partir de R$ 700, e um MacBook Pro, por R$ 900. Os lances podem ser realizados até o dia 04 de junho de 2021. Além disso, os itens disponíveis encontram-se em Recife, João Pessoa e Natal.

É provável que você goste também:

Santander leiloa imóveis com descontos imperdíveis. Saiba como participar

Banco BV promove leilão de 48 veículos, entre populares e de luxo

Leilão de imóveis do Bradesco conta com lances a partir de R$ 59 mil

Receita Federal leiloa iPhone, MacBook, PS4, Xbox, Xiaomi e muito mais

É extremamente comum nos leilões da Receita Federal encontrar produtos da marca Apple. Neste leilão há, por exemplo, um lote com o iPhone 6S, bem como três unidades do iPhone 5S por R$ 700. O iPhone X conta com lance inicial de R$ 800. Outro grande item bastante cobiçado da marca sem dúvida é o MacBook Pro, que pode ser arrematado com lance a partir de R$ 900.

Já o PlayStation 4 de 1TB, também popular em leilões, aparece em destaque em cinco lotes separados, sendo que cada lote possui duas unidades do console. Há também um kit com 10 PS4, Xbox One, Xbox 360, PS3 Slim e diversos acessórios por lance inicial de R$ 3 mil.

Os produtos da marca Xiaomi vêm cada vez mais ganhando espaço em leilões. Muitas pessoas, e até mesmo empresas, tentam importar os celulares e fones da marca – por vezes sem pagar impostos – e acabam caindo na malha fina da Receita. O lote com Redmi Note 8 e com o Mi Smart Band 4 tem lance inicial de R$ 370.

Como participar do leilão?

Assim como em todos os leilões promovidos pela Receita Federal, os bens adquiridos por pessoas físicas devem ser destinados a uso ou consumo. Por outro lado, pessoas jurídicas podem revendê-los. Vale frisar que o arremate deve seguir eventuais exigências da Anatel para o caso de produtos de telecomunicações.

Além disso, não há cobrança de tributos federais. Porém, o ICMS incide sobre o valor da arrematação. Vale ressaltar que a retirada da mercadoria deve ser providenciada por quem comprou o lote; ou seja, a Receita Federal não entrega os itens.

Para saber mais sobre o leilão, acesse o site da Receita Federal.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Assim, é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram Twitch. Contudo, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: site da Receita Federal.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...