Ao que tudo indica, o sistema de pagamentos PIX está cada vez mais perto de se tornar realidade. Isso porque o Banco Central (BC) acaba de aprovar o regulamento do PIX, instituindo oficialmente o novo arranjo de pagamentos. De acordo com comunicado do Banco Central, o início das operações do PIX continua marcado para o dia 16 de novembro.

Conforme o BC, no dia 5 de outubro terá início o cadastro de Chaves PIX (CPF, CNPJ, telefone célular ou e-mail). Se você quiser saber mais sobre o PIX, então continue lendo essa matéria e assista ao vídeo abaixo com a live realizada pela Seu Crédito Digital sobre o assunto:

LIVE do Seu Crédito Digital sobre PIX

É provável que você também goste:

Nome limpo no SPC/SERASA ajuda brasileiro a respirar nessa pandemia

Auxílio emergencial poderá ser prorrogado enquanto durar o estado de calamidade pública no Brasil

Imposto sobre transações digitais é uma nova CPMF?

Regulamento do PIX é aprovado pelo Banco Central

Ao anunciar a aprovação do regulamento do PIX, o Banco Central informou que foram alteradas as condições de participação de instituições de pagamento que não dependem da autorização do BC. Além disso, as funções dos participantes junto a essas instituições também sofreram modificações.

Conforme o BC, “de forma a simplificar o escopo de atuação dos participantes responsáveis, evitando elevar os custos aos usuários finais, e ao mesmo tempo garantir a entrada segura das instituições de pagamento de menor porte, foi definido que tais instituições, ao aderirem ao PIX, passam automaticamente a integrar o Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB)”.

Afinal, o que é o PIX?

O PIX é um novo sistema de pagamentos que permite envio e recebimento de dinheiro instantaneamente, a qualquer hora do dia e em qualquer dia do ano, inclusive feriados e finais de semana. Além disso, com o Pix, as transferências deverão ficar mais baratas e seguras.

Todos esses benefícios ocorrem porque as transferências vão acontecer diretamente da conta do pagador para o recebedor, sem intermediários. Já a agilidade do PIX é possível graças à simplificação nas informações necessárias. Hoje em dia, para que uma transferência eletrônica de dinheiro ocorra, é necessário que o usuário envie várias informação para quem receberá o pagamento.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem destacada: buffaloboy / Shutterstock

Sobre o Autor

Jadre Marques Duarte Junior

Redator-chefe

Graduado em Administração de Empresas pela UFRGS. Apaixonado por marketing, comunicação e finanças, possuo mais de 8 anos de experiência na área de T.I. aplicada a serviços financeiros.

Ver todos os artigos