Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Renda Brasil pode chegar aos R$ 300 com corte de deduções do IR

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse ao presidente Jair Bolsonaro que é necessário cortar as deduções de saúde e educação do Imposto de Renda para que o benefício médio do Renda Brasil chegue aos R$ 300.

É provável que você também goste:

Em expansão, Sicredi inaugura nova agência colaborativa em SP

Score Summit 2020: evento online discute sobre score de crédito

Auxílio emergencial poderá ser prorrogado enquanto durar o estado de calamidade pública no Brasil

Auxílio emergencial é liberado nesta quarta-feira (26) para nascidos em dezembro

A criação do Renda Brasil está condicionada a uma reformulação de programas considerados “ineficientes” pela equipe econômica, como abono salarial, seguro-defeso, entre outros.

Nesta terça-feira (25), Bolsonaro disse a parlamentares que pretende manter o valor do Renda Brasil igual às últimas parcelas previstas do auxílio emergencial de R$ 300. Ao mesmo tempo em que o presidente Jair Bolsonaro aumentou a sua popularidade com o auxílio emergencial, pode ter sua imagem desgastada se oferecer um valor menor do que o que será pago nas últimas parcelas do auxílio emergencial.

Guedes afirmou ao presidente que é possível ampliar o valor para R$ 300, desde que aconteça um corte nas deduções do Imposto de Renda. De acordo com os dados da Receita Federal, os mais ricos são os mais privilegiados com o abatimento de despesas médicas e educacionais da base de cálculo do imposto.

Cabe ressaltar que um estudo do Ministério da Economia aponta que as deduções acabam favorecendo os mais ricos, pois eles acabam concentrando a maior parte das deduções.R

Enfim, gostou da nossa matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: rafastockbr via shutterstock

Comentários
Carregando...