Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Banco Safra amplia seu portfólio e cria dois novos fundos sustentáveis

Banco Safra criou dois novos fundos sustentáveis para o público alvo de investidores em geral.

0

O Banco Safra está em busca de ampliar o seu portfólio de investimentos sustentáveis. Dessa forma, criou dois novos fundos. São eles, o Safra Direct Carbono e o Safra ASG Global. Ambos possuem aplicação mínima de R$ 1 mil e o público alvo é o investidor geral, não apenas os com grandes fortunas. 

É provável que você também goste:

ETF do Safra começa a ser negociado nesta segunda-feira

Next aposta em parceria com a Approve e casais influenciadores para o Dia dos Namorados

Seja membro

Hotéis gaúchos têm experiência romântica personalizada para Dia dos Namorados

Banco Safra amplia seu portfólio e cria dois novos fundos sustentáveis

Um dos novos fundos sustentáveis, o Safra Direct Carbono, aloca os seus recursos no mercado de contratos futuros de crédito de carbono no EU Emissions Trading Systemm da Europa. Atualmente, as empresas de países que participam do acordo de redução das emissões, ganham algumas licenças de emissão. As mesmas variam de acordo com a produção dos países. Além disso, eles podem negociar entre si, as permissões ou créditos. 

Primeiramente, o fundo vai investir no mercado europeu. Ou seja, no lugar mais avançado em termos de práticas sustentáveis. Entretanto, o Safra pode investir em outros mercados no futuro. Atualmente está de olho em um mercado que está progredindo: pois movimentou 272 bilhões de euros em 2020.

Já o segundo dos novos fundos sustentáveis, é o fundo Fundo ASG Global. Trata-se de um multimercado com exposição ao câmbio que aplica o dinheiro dos cotistas em fundos de ações local e internacional. Os fundos devem atender aos critérios ASG (Ambiental, Social e Governança) e ter perspectiva de retorno.

Aproximadamente 60% da carteira é composta por Fundo Safra Impacto ASG. A mesma investe em ações com boas práticas de sustentabilidade. Fazem parte do portfólio empresas como Suzano e Natura.

O restante da carteira (40%) está ligada ao JSS Suitainable Equity Global. Ele é um fundo do exterior, desenvolvimento em 2005 e administrado pela J. Safra Sarasin Asset Management. O foco do JSS é investir nos papéis internacionais, que tem uma pegada sustentável, em especial nos Estados Unidos.

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

imagem: Leonidas Santana / shutterstock.com

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.