Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Seguro-desemprego com novo valor em 2022

Previsão do salário mínimo para 2022 é de R$ 1.210.

0

Em 2022, quem sofrer demissão receberá um pouco mais do que receberia em 2021. Isso porque o seguro-desemprego terá um novo valor aplicado no ano que vem. Um dos motivos da mudança é o já esperado reajuste do salário mínimo. Além disso, o aumento do valor do seguro-desemprego também está atrelado à previsão da inflação feita pelo Ministério da Economia. Então, para saber mais sobre o tema, confira a seguir!

É provável que você também goste:

Quem vai poder receber um salário mínimo do Benefício de Prestação Continuada (BPC)?

Reajuste do novo salário para 2022: quando será feito?

Novo salário mínimo não terá aumento real; entenda

Seguro-desemprego com novo valor em 2022

Dessa forma, a pasta da Economia acredita que a inflação, para 2021, terá índice de 10,04%. O valor foi a quarta estimativa feita no ano. A primeira era de 6,9%, a segunda de 8,4% e a terceira de 9,1%. Ademais, como o seguro-desemprego utiliza o salário mínimo como base dos valores pagos, alterações ocorrerão no ano que vem. Atualmente, a previsão do salário mínimo para 2022 é de R$ 1.210.

Para o ano que vem, segundo o governo, cerca de R$ 41,7 bilhões foram separados para os repasses do seguro-desemprego. A expectativa é que 8,2 milhões de pessoas façam a solicitação dos valores. Ainda de acordo com o governo, as regras de solicitação do seguro-desemprego em 2022 permanecem as mesmas. Portanto, para obter o dinheiro, você precisa estar em um emprego formal, tendo demissão feita sem justa causa.

Além disso, é necessário:

  • Ter trabalhado entre seis e 12 meses (conforme prevê a lei);
  • Não estar recebendo qualquer benefício previdenciário contínuo (exceções: auxílio-acidente, auxílio suplementar e abono de permanência em serviço).

Por fim, o seguro-desemprego paga entre três e cinco parcelas, dependendo da quantidade de vezes que o benefício foi solicitado e também do tempo de trabalho.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitchInstagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimosfintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: tsyhun, via Shutterstock.

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar

Fechar