Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Stone vai demitir mais de 1000 funcionários por conta da pandemia

0

A Stone, empresa brasileira de meios de pagamentos, anunciou hoje (12) que vai demitir 1300 funcionários, ou seja, 20% do seu quadro de colaboradores. O anúncio foi feito por videoconferência, mas cada colaborador demitido será informado individualmente. Confira mais detalhes nessa matéria.

É provável que você também goste:

Como ganhar dinheiro com TikTok e transferir para sua conta Neon

Empresas do Simples podem ficar isentas de impostos em 2020

Sem dinheiro para pagar contas de luz e telefone? Você pode usar cartão de crédito!

Stone vai demitir mais de 1000 funcionários por conta da pandemia

O anúncio de que a Stone vai demitir 1300 funcionários foi feito hoje pela manhã, durante videoconferência interna promovida pelo presidente Tiago Piau. O motivo das demissões é, principalmente, a crise econômica causada pela pandemia do coronavírus. Afinal, a enorme queda nas vendas no varejo afetou gravemente as receitas da fintech.

Conforme Piau, “a decisão sobre quem deixará a companhia foi tomada com calma e com base nos pilares que ancoram a cultura da Stone: meritocracia, busca pela excelência e carinho pelas pessoas. Vamos preservar aqueles com melhor desempenho em cada área, consolidar estruturas e melhorar processos. Para quem está saindo, vamos oferecer todo o apoio e cuidado”.

Ironicamente, uma das estratégias da Stone é justamente ter mais profissionais do que o necessário para a empresa funcionar. No entanto, o impacto da crise obrigou a Stone a deixar de lado essa estratégia nesse momento. A antecipação de despesas e o investimento na formação da equipe são outras decisões da empresa que deverão ser suspensas no momento.

Demitidos receberão apoio da empresa

De acordo com a Stone, os colaboradores demitidos continuarão com direito ao plano de saúde por quatro meses. Além disso, o vale-alimentação continuará sendo oferecido “pelos próximos meses” e os ex-funcionários receberão um “apoio recolocação”. Esse apoio recolocação consiste em acesso a computadores, celulares e licenças de LinkedIn. Por fim, os demitidos deverão receber também um apoio financeiro proporcional ao tempo trabalhado na empresa.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o Facebook, Twitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem destacada: site oficial da Stone.

Comentários
Carregando...