Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Como efetuar transferências de dinheiro via WhatsApp?

O valor das transferências via WhatsApp se limita a R$ 1 mil por transação.

0

Parece coisa de filme mas não é: o app de mensagem com 2 bilhões de usuários no mundo também realiza transferências de dinheiro pela plataforma. Isso mesmo! É possível enviar dinheiro via WhatsApp. Confira abaixo, todos os detalhes da transação. 

Envio de dinheiro via WhatsApp?

Para realizar as transações, é necessário que o usuário possua uma conta no Facebook Pay. Além disso, o banco precisa ter permissão para realizar transferências de dinheiro via WhatsApp. Em suma, tem permissão do Banco Central para fazer a operação, o Nubank, o Itaú Unibanco, o Bradesco, o Banco do Brasil, o Banco Inter, o Mercado Pago, o Next, o Sicredi e o Woop Sicredi.

De acordo com o educador financeiro da plataforma Dinheiro com você, William Ribeiro, “Para poder realizar uma transferência via WhatsApp é necessário ter uma conta no Facebook Pay, é por meio dessa ferramenta que as transações são realizadas”.

Seja membro

O valor das transferências de dinheiro via WhatsApp se limita a R$ 1 mil por transação. Além disso, o usuário pode ganhar até 20 transações por dia, com o limite de R$ 5 mil por mês. 

Como transferir o dinheiro?

Após fazer o cadastro do cartão ou banco no Facebook Pay, o usuário deve acessar o WhatsApp. Logo após, é preciso escolher o contato para o qual vai enviar a transferência de dinheiro via WhatsApp. Em seguida, é necessário selecionar a opção “Pagamento” no menu e digitar a quantia. 

Logo após, você pode enviar uma mensagem para o destinatário, que deve estar na lista de contatos. Além disso, ele precisa ter cadastro no Facebook Pay. A notificação da transferência segue como se fosse um anexo da mensagem, com o status de “Pendente” até a pessoa aceitar o pagamento. Por fim, assim como o Pix, o Facebook Pay funciona como um canal, e não como uma carteira digital em que é possível deixar o dinheiro guardado.

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: ADVTP / shutterstock.com

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.