Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Mais de 160 mil pessoas foram identificadas em fraudes no auxílio emergencial

0

A Controladoria-Geral da União (CGU) já identificou mais de 160 mil possíveis fraudadores do auxílio emergencial de R$ 600, que foi destinado a trabalhadores informais.

Mais de 160 mil pessoas foram identificadas em fraudes no auxílio emergencial

Segundo o ministro da CGU, Wagner Rosário, proprietários de veículos que custam acima de R$ 60 mil, donos de embarcações e ainda pessoas que doaram R$ 10 mil, nas últimas eleições, estão entre as irregularidades.

É provável que você também goste:

Brasil já tem 742 fintechs e startups de pagamento lideram o segmento

Uso do Cadastro Positivo pelas empresas aumenta durante crise do coronavírus

Trabalhador terá que devolver os R$ 600 do auxílio emergencial se tiver aumento de renda

Além disso, o ministro informou que a lista com aproximadamente 50 milhões de cadastros deve ser divulgada em até 15 dias.

“Em 12 a 15 dias vamos estar colocando em transparência toda a base do recebimento do auxílio emergencial. Todas as pessoas que vêm recebendo para que o cidadão possa ele mesmo fiscalizar”, disse Wagner Rosário em entrevista coletiva no Palácio do Planalto, na noite desta terça.

Pessoas identificadas em fraudes no auxílio emergencial estão em fase de consolidação

Rosário ainda disse que os números totais das fraudes ainda estão em fase de consolidação. No entanto, ele virou como exemplo que já foram identificados 74 mil sócios de empresas com empregados cadastrados e que recebem a ajuda do governo.

O ministro ainda citou as pessoas com domicílio fiscal no exterior, cujas investigações foram reveladas pelo Boradcast/Estadão.

Ontem (26), o governo federal abriu quase R$ 30 bilhões de crédito extraordinário em favor do Ministério da Cidadania para o auxílio emergencial a pessoas em situação de vulnerabilidade causada pelo novo coronavírus. Por fim, o custo do programa já alcançou R$ 152,6 bilhões.

Enfim, gostou da matéria sobre as pessoas identificadas em fraudes no auxílio emergencial?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Brenda Rocha/Shutterstock.

Comentários
Carregando...