Na última terça-feira (19), a Caixa divulgou o balanço e constatou que ao menos 2 milhões de pessoas ainda não sacaram o auxílio emergencial. Esse número é referente a quem tem o direito ao benefício, mas ainda não foi fazer o saque da primeira parcela. Por outro lado, 96% dos 50 milhões de brasileiros que tem direito ao benefício, já receberam o auxílio no valor de R$ 600, conforme revelou o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães.

É provável que você também goste:

Oportunidade! 150 vagas para home office na PagBank e PagSeguro

Faltou grana? Bradesco anuncia empréstimo com primeira parcela daqui a 120 dias

Auxílio emergencial: cartão virtual do Caixa Tem pode ser usado em supermercados e farmácias, saiba como

Beneficiários que ainda não sacaram o auxílio emergencial deve sacar o dinheiro em até 90 dias

Os brasileiros que possuem o direito ao auxílio emergencial mas ainda não fizeram o saque do benefício, terão até 90 dias para sacar, conforme a lei 13.982, que instituiu o benefício. Se o dinheiro não for sacado dentro do prazo, deverá retornar ao Tesouro Nacional. Conforme o Ministério da Cidadania, a medida cumpre o que diz o artigo 10 do decreto 10.316/2020.

Quem pode receber o Auxílio Emergencial?

  • Trabalhadores informais de qualquer tipo, inclusive intermitentes
  • Inativos desempregados
  • MEIs (microempreendedores individuais)
  • Contribuintes individuais da Previdência
  • Famílias com renda mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.135) ou com renda per capita (por membro da família) de até meio salário mínimo (R$ 522,50)
  • Quem teve rendimentos tributáveis de até R$ 28.559,70 em 2018 (conforme declaração do Imposto de Renda feita em 2019).
  • Beneficiários do Bolsa Família e inscritos no CadÚnico que atendem a regras

Ainda na última terça-feira (19), beneficiários que se cadastraram no final do mês de abril e pessoas que tiveram a primeira solicitação negada mas se inscreveram novamente, começaram a receber a parcela dos R$ 600. O pagamento desta terça foi referente aos inscritos que fazem aniversário em janeiro.

Nesta quarta-feira (20), o pagamento começou a ser feito aos nascidos em fevereiro. Apesar da cidade de São Paulo ter feito feriado adiantado e prolongado por conta da pandemia do novo coronavírus, os cidadãos da cidade deverão receber normalmente o valor do auxílio emergencial. O presidente da Caixa ainda revelou que as agências deverão funcionar normalmente das 8h às 14h e que o calendário não sofrerá nenhuma alteração, para que se evite longas filas.

Ainda na terça-feira (19), 700 mil beneficiários do Bolsa Família com NIS final 2 receberam a segunda parcela do benefício. Para quem tiver a primeira parcela apenas neste lote, o pagamento da segunda cota será feita somente no mês de junho, segundo a Caixa.

Novo prazo para solicitar o auxílio emergencial

Quem ainda não solicitou, terá até o dia 03 de julho para pedir o auxílio emergencial no valor de R$ 600. Anteriormente, o prazo era até o dia 02 de julho, entretanto, o Governo Federal alterou a data. Segundo a lei que determinou o pagamento do benefício, os pedidos poderiam ser feitos até o dia 02 de julho, em até 90 dias exatos após a lei. No entanto, o governo entendeu que, como a legislação foi publicada no dia 02 à noite, seria necessário dar mais um dia de prazo para beneficiários fazerem os pedidos do auxílio emergencial.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Shutterstock/Brenda Rocha