Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Mais de 80 mil beneficiários do INSS têm direito a receber até R$ 59 mil, veja como consultar

0

Mais de 80 mil beneficiários do INSS têm direito a receber até R$ 59 mil, veja como consultar. Milhares de segurados do INSS que recebem aposentadorias, pensões, auxílios-doença, entre outros benefícios, têm o direito de receber até 60 salários mínimos, após autorização dos pagamentos pela justiça. Foi destinado mais de R$ 1 bilhão ao pagamento de 84.932 beneficiários e os valores são liberados em lotes mensais.

É provável que você também goste:

Novo salário mínimo entra em vigor no dia 1° de janeiro de 2020.

Novo Bolsa Família contará com três novas faixas de benefícios.

Seja membro

Cartão de crédito PagBank Visa: o que você precisa fazer para ter o seu?

Mais de 80 mil beneficiários do INSS têm direito a receber até R$ 59 mil, veja como consultar

Os valores quitados com os segurados serão feitos por meio de Requisições de Pequeno Valor (RPVs), que são ordens de pagamento limitadas a 60 salários mínimos, o que equivale a R$ 59.980 neste ano.

A liberação da quantia está ocorrendo desde o dia 11 de novembro em contas correntes abertas pela justiça em agências do BB ou da Caixa Econômica Federal. Portanto, o depósito é realizado em nome de quem ganhou o processo judicial contra o INSS. Contudo, em caso do beneficiário ter falecido, os herdeiros têm direito a receber o valor. “Muitas pessoas têm direito a receber os recursos e não sabem. A consulta pode ser feita na Justiça e nos próprios bancos”, orienta Adriane Bramante, presidente do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP).

Como consultar

Quem tiver interesse em saber se tem o direito aos atrasados, basta acessar a página do Tribunal Regional Federal (TRF) para verificar se você foi contemplado. Os aposentados ou pensionistas do INSS podem consultar quanto terão de atrasados e quanto vão receber.

É importante ressaltar que para facilitar a pesquisa na página do tribunal, tenha em mãos o número do requerimento do processo, CPF ou o número da ação. Quando você digitar o código que vai aparecer na tela, clique em “Confirmar” para concluir a operação de consulta.

Enfim, gostou da matéria?

Então, siga o nosso canal do YouTube, e nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao assunto de fintechs.

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.