Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

99Pay permite transferências via WhatsApp

Saiba mais sobre as funções liberadas pela carteira digital 99Pay.

0

A 99Pay está com tudo na briga com os seus rivais, como o PicPay e o Mercado Pago, para popularizar a sua carteira digital. Diante disso, a 99Pay passou a usar o WhatsApp; ou seja, agora o cliente pode usar o app de conversas para fazer as transações, até mesmo se não tiver a carteira digital da 99 instalada no celular. 

Correios vai leiloar 61 mil objetos que não foram entregues; veja como participar

99Pay permite transferências via WhatsApp

Em suma, dentre as funções liberadas da 99 no WhatsApp, estão os pagamentos de boletos, as transferências entre os usuários da 99Pay e a consulta de saldo. De acordo com o diretor do app, Maurício Orsolini Filho, também vai ser possível fazer transações com o Pix. Desde o fim de 2020, já é possível pedir corridas da 99 pelo WhatsApp por meio de uma assistente virtual.

Seja membro

Segundo Orsolini Filho, “queremos lançar novas funcionalidades em breve e a nossa ideia é atingir os usuários e os ‘early adopters’ da classe C e D”. No entanto, o serviço de pagamentos do app do Facebook ainda não caiu completamente no gosto do brasileiro. Na pesquisa da MobileTime/Opinion Box, por exemplo, apenas 7% dos brasileiros cadastraram um cartão de débito na plataforma até julho. 

A 99Pay deseja ultrapassar a barreira com uma tecnologia própria: o usuário não precisa cadastrar nada no WhatsApp. Em suma, basta mandar uma mensagem para um número de celular, que ele conecta de forma automática a carteira dele cadastrada na 99. Ou seja, nem é necessário usar a ferramenta do WhatsApp, basta usar um bot da própria 99 no app de mensagens. 

Vale ressaltar que as carteiras digitais se tornaram muito populares na China, turbinadas pelo uso por empresas muito populares por lá, como o Alibaba e o Tencent. Contudo, para Marcelo Nakagawa, professor de empreendedorismo do Insper, a situação no Brasil pode ser diferente.

Nakagawa afirma que “as carteiras digitais ainda são uma grande incógnita no Brasil, especialmente se comprado à China em que o dinheiro em espécie praticamente inexiste. No Brasil, ainda está um pouco longe se tornar um hábito, mas o Pix pode mudar rapidamente este cenário em um horizonte de cinco anos”.

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: 99app.com 

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.