Acaba hoje (09) o prazo para contestação de auxílio emergencial cancelado

0

Se seu auxílio emergencial de R$ 300 (ou R$ 600, para mães solo) foi cancelado, você tem só até hoje (09) para fazer a contestação. Mas esse prazo vale apenas quem não é beneficiário do Bolsa Família e não ganhou nenhuma das parcelas extras de R$ 300. Se você ganhou pelo menos uma parcela de valor reduzido e teve o auxílio emergencial cancelado, então o prazo de contestação vai até a próxima quarta-feira (11).

É provável que você também goste:

Como trocar o crédito consignado do INSS para pagar menos

Cuidado: Clientes de aplicativo sofrem prejuízo com o “golpe do entregador”

Auxílio de R$ 300: Confira todos os pagamentos até dezembro de 2020

De acordo com a MP que estendeu o auxílio emergencial em mais 4 parcelas com metade do valor, o governo deve fazer novas análises dos beneficiários. Se o governo verificar que alguma exigência não está mais sendo cumprida, então o benefício pode sim ser cancelado.

Como fazer a contestação de auxílio emergencial cancelado?

Você não precisa ir até uma agência da Caixa, lotérica ou posto de atendimento do Cadastro Único para fazer a contestação de auxílio emergencial cancelado. Você pode fazer tudo pela internet, conforme o passo a passo a seguir:

  • Em primeiro lugar, você deve acessar o Dataprev neste link;
  • Em seguida, faça o login;
  • Depois, clique no botão “Acompanhe sua solicitação”;
  • Após você confirmar os seus dados, a página vai mostrar o motivo da recusa.
  • Logo depois, haverá uma opção para contestação;
  • Por fim, você deve fazer a solicitação e aguardar.

Contudo, o governo não definiu um prazo para divulgar o resultado da contestação. Se o governo aceitar o seu pedido de contestação de auxílio emergencial cancelado, o pagamento deve ocorrer no mês seguinte.

Beneficiários do Bolsa Família também vão poder contestar

A partir de 22 de novembro, quem é cadastrado no Bolsa Família e passou a ganhar o auxílio emergencial e sua extensão, mas teve as parcelas menores canceladas, também vai poder contestar o cancelamento. Nesse caso, o prazo para contestação do auxílio emergencial cancelado vai terminar no dia 2 de dezembro.

Saiba mais sobre a extensão do auxílio emergencial

No mês de setembro, o governo confirmou que pagaria mais 4 parcelas do auxílio emergencial, mas com valor reduzido pela metade. No entanto, além do valor ter ficado menor, os regras para receber o benefício se tornaram mais restritivas. Sendo assim, muita gente que tinha direito às 5 primeiras parcelas acabou perdendo o direito as 4 parcelas extra.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitch e Instagram. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc.

Imagem: Beto Chagas / Shutterstock

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar