Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Afinal, é a Serasa que negativa os nomes dos devedores?

Algumas pessoas são incluídas na lista de negativados da Serasa, mas afinal, é a própria empresa que faz isso?

Se você tiver alguma dívida e ela não for paga, seu nome entrará para a lista de pessoas inadimplentes da Serasa. No entanto, muitas pessoas acreditam que é a própria Serasa que negativa o nome dos devedores.

Esta questão sobre a Serasa negativar nomes é um dos muitos mitos relacionados ao órgão de proteção ao crédito. A Serasa esclarece que não realiza a negativação direta de pessoas. A empresa, atuando como um birô de crédito, recebe informações provenientes de diversas fontes.

É importante ressaltar que essas informações são fornecidas pelas próprias empresas. O papel da Serasa é coletar esses dados enviados por estabelecimentos comerciais, bancos e instituições financeiras, com o propósito de oferecer suporte às operações comerciais. 

O que faz o nome ficar sujo além de dívidas não pagas?

Mão segurando celular com Serasa empréstimo

Esse esclarecimento sobre a Serasa negativar nomes visa dissipar possíveis equívocos sobre o papel da empresa nesse processo de negativação. Além disso, o órgão de proteção também buscou enfatizar sua função de intermediário na obtenção de dados relacionados à situação financeira de indivíduos.

Além das dívidas vencidas não pagas, outras situações podem incluir o nome na lista de negativados da Serasa. Isso inclui cheques sem fundo, registros públicos e oficiais e protestos de títulos. 

Veja também:

Saiba o que aconteceu com o ouro do Brasil levado pelos portugueses

Serasa desmente e explica uma série de informações erradas

É comum acreditar que a Serasa é um órgão do governo federal, e esta é mais uma mentira que a Serasa desmente. Afinal, trata-se de um órgão privado de proteção ao crédito. Além disso, a empresa também explica que os registros de dívida continuam existindo após cinco anos.

No que diz respeito ao score, a Serasa revela que, por exemplo, a inclusão do CPF em notas fiscais não faz com que você tenha uma pontuação maior. Por outro lado, é interessante inserir o documento, uma vez que o cliente pode ganhar cashback, prêmios em dinheiro e descontos.

Ainda sobre o score, a Serasa explica que é mentira que pessoas com baixa pontuação não têm chance de conseguir cartões de crédito ou empréstimos. Por fim, sobre o cadastro positivo, a Serasa informa que os dados ficam protegidos e que, diferentemente do que pensam, o sistema é vantajoso e pode ajudar a aumentar o score.

Imagem: Alison Nunes Calazans / shutterstock.com