Tag - Serasa

Nome sujo no Serasa bate novo recorde e alcança 63,2 milhões de brasileiros

Nome sujo no Serasa bate novo recorde e alcança 63,2 milhões de brasileiros

Através de informações divulgadas pela Serasa Experian na última quinta-feira (06), o nº de brasileiros com o nome sujo no Serasa bate novo recorde, atingindo 63,2 milhões de pessoas. Saiba mais.

É provável que você também goste:

Dia dos Namorados: nome sujo no SPC e Serasa vai atrapalhar compras

Cofrinho da NuConta agora tem a garantia do FGC, saiba como ativar

Os 10 melhores Apps para pagar contas e boletos pelo cartão de crédito

Nome sujo no Serasa bate novo recorde e alcança 63,2 milhões de brasileiros

Comparando com o mesmo período do ano passado, tivemos um acréscimo de 2 milhões de pessoas, o equivalente a 3,3%. Contudo, em relação ao mês de março, a alta foi de apenas 0,3%. A metodologia também calcula o percentual de endividados em relação a toda a população brasileira.

Luiz Rabi, economista da Serasa Experian avalia o crescimento da inadimplência:

“Além dos impactos gerados pela insuficiência da educação financeira do brasileiro, a inadimplência é uma variável que segue as principais tendências do cenário econômico nacional. Nesse sentido, com a estagnação da economia, aumento do desemprego e da inflação ao longo dos primeiros meses de 2019, que impactam diretamente o orçamento doméstico, continuamos a bater recordes no número de consumidores com contas em atraso”.

Bancos e cartões de crédito

A maioria das dívidas em abril foram realizadas no cartão de crédito e com os bancos, representando um total de 28,6%, de acordo com a Serasa Experian.

“Esse crescimento demonstra a dificuldade em honrar um tipo de pagamento que costuma ser prioridade das famílias. Isso é um sinal de que as pessoas já tomaram crédito para quitar outras dívidas e chegaram no ponto de não conseguirem pagar nem este empréstimo”, afirmou Rabi.

Confira os setores que mais reúnem as dívidas dos brasileiros:

  • Bancos e cartões: 28,6%
  • Utilidades: 20,2%
  • Telefonia: 12,1%
  • Comércio: 11,7%
  • Serviços: 10,5%
  • Financeira/Leasing: 10,1%
  • Outros: 6,8%

Nome sujo no Serasa pelos estados

Os estados com o maior número de inadimplentes é Roraima, com 59,87%. Em seguida, Amapá, com 52,4 e Amazonas com 50,6%. Todavia, os estados com os menores percentuais de pessoas endividadas são nesta ordem: Santa Catarina (33,1%, Paraíba (33,6%) e Piauí (34,4%).

Enfim, gostou da notícia?

Então nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Acompanhe nossos artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao mundo das fintechs.

Serasa: Brasil bate recorde em março, com 63 milhões de inadimplentes

Serasa: Brasil bate recorde em março, com 63 milhões de inadimplentes

De acordo com dados da Serasa Experian divulgados na última quarta-feira (24), atualmente temos 63 milhões de brasileiros inadimplentes, com o nome sujo ou com dívidas em atraso. Desde o início da série histórica, é um recorde deste número. Ou seja, com isso o equivalente a 40,3% da população adulta está com dívidas negativadas ou em atraso.

É provável que você também goste:

Paulo Guedes promete medidas para reduzir preço do gás pela metade.

Um em cada quatro brasileiros recorreu ao cheque especial em março.

Pernambucanas lança cartão e conta digital sem consulta ao SPC/Serasa.

Serasa: Brasil bate recorde em março, com 63 milhões de inadimplentes

Com relação a fevereiro, tivemos uma alta de 1,2%. Entretanto, na comparação com o mês de março de 2018, 2 milhões de pessoas entraram para a lista de inadimplentes. Isso corresponde a um aumento de 3,2%.

Em nota emitida pela Serasa, o economista Luiz Rabi afirmou que o aumento do desemprego e a inflação nos primeiros meses do ano, resultaram em perdas na renda do consumidor. Portanto, isso impacta negativamente na inadimplência.

“Também a concentração de compromissos financeiros típicos de início de ano (IPTU, IPVA, material escolar etc.) pressionaram o orçamento da população”, lembrou o economista.

Considerando uma análise nas faixas etárias, a inadimplência entre os idosos foi mais impactada, com um aumento de 1,9 ponto percentual em comparação com o mesmo mês do ano passado. No mês de março, cerca de 38,8% dos idosos estavam inadimplentes.

Entretanto, o percentual maior de inadimplência concentra-se entre os consumidores com idades entre 36 e 40 anos. Ou seja, 48,5% destas pessoas estavam inadimplentes em março de 2019.

Por fim, consumidores com idades entre 26 e 35 tiveram ligeira queda na mesma relação.

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter, Instagram. Acompanhe nossas notícias e artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.

Saiba como limpar o nome no Serasa negociando c/ Itaú, Santander e outros

Saiba como limpar o nome no Serasa negociando c/ Itaú, Santander e outros

Se tem uma coisa que aumentou bastante no Brasil de uns tempos para cá, foi o número de pessoas com o nome sujo. Em 2018, já eram mais de 60 milhões o número de pessoas inadimplentes. Este número continua a crescer e grande parte dessas pessoas, não tem a mínima ideia de como limpar o nome no Serasa. Entre os motivos para a dificuldade em renegociar a dívida, estão a alta taxa de desemprego e também os altos juros cobrados pelas empresas de cobrança. Neste artigo, nós iremos lhes dar algumas dicas de como limpar o nome no Serasa.

Leia também:

Como funciona o empréstimo pessoal das lojas Marisa?

Procon-SP notifica Empiricus sobre vídeo no YouTube de Bettina, milionária aos 22 anos

Saiba como limpar o nome no Serasa negociando c/ Itaú, Santander e outros

Feirão online

Primeiramente, você precisa se organizar e se preparar para pagar a dívida, pois se você renegocia sua dívida e não tem condições de pagar, ela aumentará ainda mais. Então, a primeira medida que você deve tomar, é saber quais são suas dívidas no Serasa e você pode fazer isso acessando o Feirão online. Diretamente no site você consegue verificar as suas dívidas, emitir o boleto e eliminar as pendências diretamente com o seu credor. Neste ano, o feirão conta com empresas como Santander, Itaú, Tribanco, Credsystem, Recovery, Ativos e Renner.

Contudo, se você não tiver condições de pagar pelo acordo disponibilizado pela Serasa, é possível negociar com o seu credor. Portanto, você deve analisar suas finanças para saber se o pagamento da dívida será viável. Além disso, você precisa planejar como vai pagar a dívida em questão. Por fim, é preciso tentar a melhor renegociação possível com o credor, ou seja, com as melhores condições para que sua dívida possa ser devidamente quitada.

Importante: você deve ter certeza de que a instituição financeira não deixará o seu CPF apontado como prejuízo no SCR do SISBACEN. Por isso, é importante conversar com o seu credor, mesmo que a dívida seja paga através de um escritório de cobrança. Exija que o seu CPF seja removido do SISBACEN. Caso contrário, você continuará eternamente com uma pendência interna com o seu credor.

Entretanto, para quem não consegue fazer pela internet é possível ir presencialmente nas cidades Porto Alegre, Curitiba, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Campo Grande, Salvador, Fortaleza, São Luís, Goiânia, Manaus, Bauru, João Pessoa, Porto Velho, Natal, Cuiabá, Recife, Londrina, São José do Rio Preto, Belém, Florianópolis e Vitória.

Feirão presencial em São Paulo

Para quem mora em São Paulo, há a possibilidade de participar do Feirão Presencial em São Paulo. Ele vai ocorrer entre os dias 18 a 23 de março das 8h às 18h no Vale do Anhangabaú (embaixo do Viaduto do Chá). Você deve levar documento com foto e o seu CPF para poder negociar as suas dívidas.

Caminhão da Serasa

Outra possibilidade de verificar as suas dívidas presencialmente, podendo renegociar dívidas atrasadas e eventuais pendências no seu CPF é através do caminhão da Serasa. Confira logo a seguir o cronograma das próximas paradas e procure pela sua cidade ou pela mais próxima à sua residência:

  • Florianópolis SC – de 19/03 a 23/03/19
  • Blumenau SC – de 26/03 a 30/03/19
  • Porto Alegre RS – de 02/04 a 06/04/19
  • Pelotas RS – de 09/04 a 13/04/19
  • Chapecó SC – de 15/04 a 18/04/19
  • Foz do Iguaçú PR – de 23/04 a 27/04/19
  • Maringá PR – de 30/04 a 04/05/19
  • Campo Grande MS – de 07/05 a 11/05/19
  • Cuiabá MT – de 14/05 a 18/05/19
  • Goiânia GO – de 21/05 a 25/05/19
  • Brasília DF – de 28/05 a 01/06/19
  • Palmas TO – de 04/06 a 08/06/19
  • Belém PA – de 11/06 a 15/06/19
  • São Luís MA – de 25/06 a 29/06/19
  • Teresina PI – de 02/07 a 06/07/19
  • Fortaleza CE – de 09/07 a 13/07/19
  • Natal RN – de 16/07 a 20/07/19
  • João Pessoa PB – de 23/07 a 27/07/19
  • Campina Grande PB – de 30/07 a 03/08/19
  • Recife PE – de 06/08 a 10/08/19
  • Maceió AL – de 13/08 a 17/08/19
  • Aracaju SE – de 20/08 a 24/08/19
  • Salvador BA – de 27/08 a 31/08/19
  • Vitória ES – de 03/09 a 06/09/19
  • Belo Horizonte MG – de 10/09 a 14/09/19
  • São Gonçalo RJ – de 17/09 a 21/09/19
  • Rio de Janeiro RJ – de 24/09 a 28/09/19
  • Nova Iguaçu RJ – de 01/10 a 05/10/19
  • Santos SP – de 08/10 a 12/10/19
  • São Paulo SP – de 15/10 a 19/10/19

Dicas para limpar o nome no Serasa

limpar o nome

Economize cortando gastos

O corte de gastos é fundamental para que você consiga honrar o compromisso de pagar a dívida que foi renegociada. Então, analise seus gastos e veja qual valor que é necessário para cobrir os custos prioritários (luz, água, aluguel, alimentação). Se você não conseguir dar conta desses custos fundamentais, talvez não seja uma boa ideia negociar sua dívida no Serasa, pois poderá acarretar em dívidas maiores ainda.

Agora, se você calculou seus gastos e ficou tudo dentro do orçamento, você estará preparado para quitar seus débitos. Lembrando que você nunca deve comprometer mais do que 35% dos seus ganhos para pagar dívidas. Isso porque, os outros 65% serão fundamentais para cobrir os gastos prioritários.

Outra dica é que se sobrar um pouco de dinheiro no mês, vá guardando em uma poupança. Provavelmente em um futuro próximo, você poderá ir novamente renegociar a dívida com dinheiro suficiente para quitá-la e com diminuição de juros, podendo assim, limpar o nome no Serasa.

Ter uma renda extra sempre cai bem

Esta é uma excelente opção para você limpar o nome no Serasa. Tendo uma renda extra, você poderá acumular em uma poupança, o valor que precisa para quitar o débito pendente. Assim, você poderá fazer o pagamento à vista de toda a dívida com descontos e com juros bem menores.

Faça o planejamento para pagar sua dívida

Como se faz um planejamento para quitar a dívida? Primeiramente você deve conferir tudo que já foi pago. Depois, você precisa analisar se possui dinheiro suficiente para o pagamento da dívida. Se você não possui dinheiro suficiente para quitar a dívida à vista, tente negociar com o credor qual a melhor forma de parcelamento e que acarretem em menos juros.

Procure as melhores propostas com o credor

Depois de descobrir quais são suas dívidas, você deve procurar o credor e começar a renegociá-la. Você deve verificar qual a proposta oferecida para a quitação da dívida, sempre analisando se vale a pena pagar à vista ou parcelar. Se a proposta ainda ficar acima do seu orçamento, proponha ao credor novas formas que se encaixe em seu perfil. Se você conseguir chegar a um consenso, ficará muito próximo de limpar o nome no Serasa.

Conclusão

Agora que você já sabe como limpar o nome no Serasa, mantenha o pagamento das parcelas em dia, para evitar assumir novas dívidas. Se você quitou a dívida à vista, procure fazer uma reeducação financeira, evitando assim, assumir novas dívidas. Faça prioritariamente uma reserva de emergência e comece com alguns investimentos.

Gostou do artigo?

Então nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.

Fonte: Serasa

Promoção da Serasa: a sua chance de limpar o nome sem desembolsar

Promoção da Serasa: a sua chance de limpar o nome sem desembolsar

Para quem ainda não conhece, o Serasa Limpa Nome é uma plataforma do site Serasa Consumidor que possibilita renegociar diretamente as suas dívidas com os credores, que por sua vez são parceiros da Serasa. Por meio dela, basta verificar as suas pendências financeiras, como atrasos ou inadimplência e concluir o acordo com a emissão de um boleto. Tudo isso muito simples, sem sequer ter que entrar em contato com o seu credor. Agora, O Serasa Limpa Nome está com a promoção ‘Boleto Premiado’. Portanto, saiba mais informações e veja se você foi sorteado aqui neste post.

Leia também:

Mais um diferencial do Nubank: transferência em dia não-útil.

Banco Inter está perto de fechar patrocínio master com o Flamengo.

Reforma da Previdência: aposentados das estatais poderão ser demitidos sem a multa dos 40%

Promoção da Serasa: a sua chance de limpar o nome sem desembolsar

A promoção Boleto Premiado do Serasa Limpa Nome está valendo entre os dias 11 e 31 de março. O Serasa Consumidor resolveu dar uma forcinha para você finalmente colocar as suas contas em dia. Ao todo, são até 50 prêmios de R$ 2.000 para pagar a sua dívida.

Como funciona

Primeiramente, siga os seguintes passos:

  1. Para participar da promoção, acesse o site do Serasa Limpa Nome com o seu cadastro previamente definido.

2) Escolha a oferta de negociação.

3) Por fim, clique em ‘Concluir Acordo’.

Se você for um dos sorteados, fica sabendo exatamente na hora. Aparecerá na tela todas as orientações para recebimento do prêmio e será solicitado ao contemplado que preencha um campo com 02 (dois) números de telefones válidos em território nacional, e-mail e o melhor horário, para que a Promotora entre em contato.

Posteriormente, é necessário aguardar pelo contato para receber o seu prêmio e pagar a dívida. Caso tenha interesse, o regulamento completo você pode conferir aqui neste link.

Gostou da notícia?

Então nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Acompanhe nossos artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao mundo das fintechs.

Como cancelar o Cadastro Positivo pela internet (Serasa, SPC e SCPC)

Como cancelar o Cadastro Positivo pela internet (Serasa, SPC e SCPC)

O Cadastro Positivo foi criado com a intenção de melhorar o score de crédito dos consumidores. Contudo, como falamos anteriormente aqui no site, em alguns casos ele prejudica o score de crédito, e realmente não vale a pena aderir. Confira o que você precisa fazer para cancelar o Cadastro Positivo aqui neste post.

Afinal, o Cadastro Positivo ajuda ou atrapalha para conseguir crédito?

Presidente do Itaú diz que instituição não vai criar banco 100% digital.

Como cancelar o Cadastro Positivo

De acordo com as críticas dos internautas nas redes sociais e especialmente no site Reclame Aqui, é mais complicado cancelar o seu Cadastro Positivo do que aderir. É necessário ir presencialmente e levar documentos ou enviar pelos Correios toda a sua documentação e o termo de responsabilidade, com autenticação e reconhecimento de firma. Entretanto, é possível também cancelar o seu Cadastro Positivo pela internet, mas é necessário possuir um Certificado Digital. Veja como fazer isso.

Todas as empresas de análise de crédito disponibilizam maneiras tanto de aderir ao Cadastro Positivo, como para cancelar. Confira cada uma delas com os detalhes para o cancelamento do Cadastro Positivo.

Boa Vista Serviços

A Boa Vista Serviços disponibiliza um formulário para o Termo do Cancelamento do Cadastro Positivo. Você precisa preenchê-lo e entregar pessoalmente em uma das lojas ou pelos Correios, ou ainda utilizando um Certificado Digital.

SPC Brasil

De acordo com o site do SPC Brasil, existem duas formas de cancelar o seu Cadastro Positivo.

Uma delas é presencialmente, indo direto em uma Câmara de Dirigentes Lojistas ou Associações Comerciais mais próximas de você. É necessário levar um documento de identificação original com foto.

Outra maneira é cancelar online, diretamente pelo site do SPC Brasil. Entretanto, é necessário saber a sua senha e possuir um certificado digital.

Serasa Experian

Primeiramente, você precisa entrar neste link e preencher algumas informações, como o seu CPF, nome completo, data de nascimento, telefone, e mais algumas informações. Feito isso, é necessário enviar pelos Correios o termo de responsabilidade com autenticação e reconhecimento de firma, entregar pessoalmente em uma agência da Serasa Experian, ou pelo site, utilizando o certificado digital.

Como obter um certificado digital

Para obter um certificado digital, o primeiro passo é escolher uma autoridade certificadora, que funciona como se fosse um cartório digital. Existe uma infinidade de autoridades certificadoras, todas elas subordinadas ao ICP-Brasil, que monitora e regulamenta a emissão destes certificados no Brasil. Você pode conferir a relação completa aqui neste link.

Gostou da notícia?

Siga nossas redes sociais como FacebookTwitter e Instagram. Acompanhe notícias e artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao mundo das fintechs.

Serasa lança serviço de empréstimo com garantia de imóvel

Serasa lança serviço de empréstimo com garantia de imóvel

Serasa lança serviço de empréstimo com garantia de imóvel. O Serasa lançou a Bcredi em sua plataforma de contratação de crédito 100% digital para microempreendedores. Sendo que é a primeira fintech a estar no marketplace.

Serasa lança serviço de empréstimo com garantia de imóvel em seu marketplace

O Serasa Empreendedor, braço da Serasa Experian voltado ao microempreendedor, lançou a primeira fintech, dentro do seu marketplace, a oferecer o crédito com garantia de imóvel.  O serviço de empréstimo com garantia de imóvel é uma modalidade que tem as taxas de juros mais baixas e vantajosas para os consumidores (de 1,14% a 1,80%). A Bcredi registrou, no primeiro semestre deste ano, um aumento de 262% no número de contratos deste tipo.

A meta da fintech, depois de ter entrado na plataforma do Serasa Empreendedor, é originar R$ 15 milhões por mês até o fim de 2019.

Leia também:

Empréstimo pessoal do PagSeguro pode ser lançado ainda este ano.

A Bcredi permite que o empréstimo seja de até 50% do valor do imóvel, e a parcela pode ser feita em até 15 anos. A fintech, no entanto, emite o contrato dentro de dez dias úteis. Os pedidos dos clientes passam por uma análise individual e todo o processo é realizado online.

“O crédito é fundamental para o crescimento das empresas e o nosso objetivo é facilitar e agilizar o acesso a esse recurso, promovendo o uso consciente e sustentável. estamos aumentando e diversificando as opções dentro da plataforma para o microempreendedor possa de forma gratuita buscar, comparar e contratar a melhor proposta de acordo com as suas necessidades”, afirma o vice-presidente de Micro, Pequenas e Médias Empresas da Serasa Experian, Victor Loyola.

Empréstimo com garantia de imóvel

Para solicitar o empréstimo com garantia de imóvel, é requerido da empresa a apresentação de um bem imobiliário. O imóvel pode ser de pessoa física, mas sempre parcial ao valor total do que ficará alienado. Esta modalidade tem se destacado no mercado. Até porque a praticidade do processo digital e da flexibilidade de condições facilitam a contratação do empréstimo.

Gostou do artigo?

Então nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Para assim acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao mundo das fintechs.

Fonted24am.