Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

AliExpress libera marketplace para todos os vendedores no Brasil

Dentro do Brasil, a entrega de produtos dos vendedores nacionais vai ter a coordenação da filial de logística do AliExpress

0

Atenção lojistas: O AliExpress liberou geral! Agora todos os vendedores no Brasil, podem vender os seus produtos na plataforma do grupo chinês Alibaba. Além disso, a empresa vai dar o frete grátis para as compras de pelo menos R$ 50, quando o produto não tiver “peso excessivo”. 

AliExpress libera pagamentos por Pix para todos os seus usuários

AliExpress libera marketplace para todos os vendedores no Brasil

Em suma, dentro do Brasil, a entrega de produtos dos vendedores nacionais vai ter a coordenação da filial de logísitica do AliExpress, a Cainiao. Os técnicos da empresa vão ter a função de “adicionar tecnologias avançadas do grupo Alibaba no Brasil e coordenar os serviços prestados por diversos parceiros locais”.

Seja membro

O cadastramento de lojistas do Brasil está sujeito à aprovação do AliExpress. Inicialmente, a empresa só vai aceitar vendedores com CNPJ. De acordo com a empresa, essa é uma “forma de controlar a qualidade dos serviços oferecidos na plataforma AliExpress”.

Além disso, vai ofertar aos lojistas, comissões que variam de 5% a 8% sobre o faturamento com vendas do marketplace. Assim, além de ter acesso à base de usuários da plataforma, os vendedores podem usar a malha logística ofertada pela empresa, para a entrega de produtos pelo Brasil.

O AliExpress também ressalta, que o frete vai ser grátis para as compras de no mínimo R$ 50, e no caso de a mercadoria não ultrapassar o “peso excessivo”. “O serviço de entregas do AliExpress permitirá frete gratuito para todo o território nacional nas vendas de lojistas brasileiros para consumidores localizados no Brasil. O frete não terá custo sempre que o valor da compra for de pelo menos R$50 e caso o produto enviado não tenha peso excessivo.”

Por fim, os pagamentos dentro da plataforma devem ser mais rápidos que a média do mercado. Além disso, a empresa promete que os lojistas podem sacar o dinheiro das vendas diariamente e sem custos adicionais.

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: monticello / shutterstock.com

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.