Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Aposentadoria bloqueada? Domine as regras e as opções de crédito e recupere o controle do seu futuro!

Entenda as regras de bloqueio de aposentadoria no Brasil e descubra opções de crédito acessíveis. Evite problemas financeiros!

A aposentadoria é um momento muito esperado na vida de muitos brasileiros. Após anos de trabalho, finalmente é possível desfrutar de um merecido descanso. No entanto, questões como bloqueio do benefício devido à dívidas podem trazer preocupações.

Portanto, compreender as normas que regulam o bloqueio de aposentadorias no Brasil é crucial para que os beneficiários se sintam mais seguros e apenas em situações muito particularizadas essa retenção é permitida.

Além disso, conhecer as opções de crédito facilita a gestão financeira, trazendo mais tranquilidade para esta nova fase.

Veja também:

Saldo do FGTS bloqueado: saiba o que fazer para liberar

Como é determinado o bloqueio de aposentadoria?

Papel com a palavra "aposentadoria" INSS colocado em cima de uma carteira de trabalho, uma calculadora e uma nota de cem reais
Imagem: Brenda Rocha – Blossom / shutterstock.com

O bloqueio de uma aposentadoria por dívidas é uma medida severa, porém a legislação brasileira protege o aposentado, exceto em algumas condições específicas.

Segundo a Lei Nº 13.105/2015 do Código de Processo Civil, os benefícios destinados à aposentadoria não podem ser utilizados para o pagamento de dívidas comuns, reconhecendo o valor essencial desses recebimentos para o sustento do indivíduo.

Em quais circunstâncias a aposentadoria pode ser retida?

Apesar das rigidamente controladas leis, duas notáveis exceções permitem o bloqueio da aposentadoria: dívidas alimentícias e quantias que excedam 50 salários-mínimos.

No caso de pensão alimentícia, o juízo pode ordenar o desconto direto do benefício para garantir a manutenção de alimentação. Além disso, montantes altos também podem ser impactados por decisões judiciais.

Solução: empréstimo consignado

O empréstimo consignado é uma solução ideal para aposentados que precisam reajustar suas finanças devido ao endividamento.

Os termos geralmente favoráveis deste tipo de empréstimo, como taxas de juros mais baixas e prazos flexíveis de pagamento, criam uma possibilidade acessível para o gerenciamento financeiro sem comprometer demasiadamente a renda mensal.

  • Taxa de juros reduzida, a partir de 1,45% ao mês;
  • Flexibilidade com prazos de 6 a 84 meses para pagamento;
  • Acessibilidade através do processo de contratação 100% digital e sem burocracia.

Opções de empréstimos para negativados

A condição de inadimplente não elimina a possibilidade de um aposentado adquirir empréstimos. Certas instituições financeiras oferecem empréstimos que não consideram o histórico de crédito do solicitante, o que permite inclusivamente aos negativados a chance de obter recursos necessários para regulação das suas dívidas.

É fundamental se informar sobre todas as condições ofertadas antes de se comprometer com um empréstimo. Certifique-se de que a opção escolhida atenda as suas necessidades sem criar encargos financeiros insustentáveis.

Imagem: Brenda Rocha – Blossom / shutterstock.com