Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Através de concursos, criminosos aperfeiçoam roubo de criptos e NFTs

Dentre os conhecimentos compartilhados, estavam os métodos de manipular APIs de plataformas de criptomoedas e técnicas de phishing para roubar dados. 

0

Geralmente, ouve-se falar em concursos destinados à cibersegurança. No entanto, tem se tornado uma prática comum concursos de cibercriminosos para aperfeiçoar o roubo de criptomoedas e non-fungible tokens (NFTs). Há até mesmo oferta de recompensa para as melhores descobertas e ideias de roubo. 

É provável que você goste também:

Aprenda como cancelar a conta do banco digital next

Corretora de criptomoedas Coinbase faz parceria com Google e Apple

Confira 7 dicas para não cair em um golpe de empréstimo falso

Por meio de concursos, criminosos aperfeiçoam roubo de criptos e NFTs

No último mês, um dos fóruns mais conhecidos por hackers russos criou uma competição em que a comunidade era convidada a contribuir com estudos. Contudo, esses estudos tratavam de como violar as proteções de segurança. Ou seja, o fórum buscava por fórmulas para roubar chaves privadas, bem como carteiras, contratos inteligentes, NFTs, dentre outros. O prêmio oferecido para as melhores descobertas foi de US$ 100 mil. 

Os criminosos tinham o prazo de até 30 dias para participar. Dentre os conhecimentos compartilhados, estavam os métodos de manipular APIs de plataformas de criptomoedas e técnicas de phishing para roubar dados. 

Concursos como prática comum entre criminosos

Esta não é a primeira vez que se ouve falar em concursos entre os criminosos. Antigamente, grupos com especialização em ransomware, tais como REvil e o LockBit, também faziam competições. 

Atualmente, o interesse pelas criptomoedas ocorre por conta da alta das moedas no mercado mundial. Além disso, várias transações feitas com novas tecnologias aceitam a moeda como pagamento. 

Além dos concursos servirem como um mercado de venda e troca de informações, eles prezam pelo anonimato dos bandidos; assim como incentivam a participação de seus membros, sem precisar de grandes organizações, nem conter etapas burocráticas. 

À medida em que as criptomoedas e os NFTs ganham espaço e passam a ser usadas por um maior número de pessoas, crescem também os golpes. Dessa forma, os provedores de serviço precisam estar atentos para reforçar suas soluções de segurança.  

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: PR Image Factory / Shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...