Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

AUMENTO do salário mínimo: confira os impactos nos benefícios do governo

O aumento do salário mínimo para o ano que vem deve impactar diversos benefícios sociais do governo. Saiba mais!

O Governo Federal já começou a dar indícios sobre o aumento do salário mínimo para o ano que vem. Dessa forma, a ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet (MDB), anunciou que a proposta do governo é para que ele seja de R$ 1.421 em 2024.

Dessa forma, isso gera expectativa nos trabalhadores brasileiros em relação ao reforço no poder de compra dos mesmos. Qual será o impacto dessa mudança nos benefícios governamentais, afinal? Saiba mais na sequência.

Aumento do salário mínimo deve impactar benefícios do governo

Imagem de mão segurando uma carteira de trabalho, com notas de 50 e 100 reais dentro dela, representando reajuste do salário mínimo
Imagem: Brenda Rocha – Blossom / shutterstock.com

O aumento do salário mínimo tem impacto direto na vida do trabalhador e na economia do país como um todo. Com a elevação deste valor, é esperado que haja um incremento na movimentação do setor de comércio e serviços, estimulando a economia.

Logo, entre os benefícios que teriam impacto direto com essa medida, estão o piso da Aposentadoria; Programa de Integração Social (PIS); Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP); Benefício de Prestação Continuada (BPC); e Auxílio Acidente.

Dessa forma, a implementação do aumento do salário mínimo é um desafio que exige planejamento e estudos profundos por parte dos governantes, equilibrando a necessidade de valorizar o trabalhador com a sustentabilidade econômica do país.

Mais detalhes sobre o aumento

Uma das propostas de Lula durante as eleições foi a de valorizar o salário mínimo para acima da inflação. Essa prática deixou de acontecer durante o governo Bolsonaro. Entre 2011 e 2019, por exemplo, o valor do mínimo era corrigido pelo INPC do ano anterior e a variação do PIB de dois anos antes.

Sendo assim, antes dos ajustes de 2023, o último aumento real do salário mínimo ocorreu em 2019. Na ocasião, o valor subiu de R$ 954 para R$ 998. Ainda, esse valor foi R$ 8 menor do que o período previsto pelo governo de Michel Temer (MDB).

Veja também:

Pagamento do Bolsa Família: saiba que horas o valor ficará disponível na sua conta

Durante a gestão Bolsonaro, por sua vez, o aumento do salário mínimo aconteceu apenas de acordo com a inflação até 2023. Assim, o reajuste foi de R$ 1.212 para R$ 1.302.

Imagem: Brenda Rocha – Blossom / shutterstock.com