Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Auxílio Brasil já está no cálculo da projeção do déficit primário do governo

0

O Ministério da Economia anunciou que, por meio de despesas controladas, combinadas a evoluções e ganhos de receita, é possível melhorar a estimativa de resultado primário do Governo Central em 2021. E assim, deve haver um recuo de R$ 139,4 bilhões, ou seja, 1,6% do Produto Interno Bruto (PIB). O dado consta no Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas Primárias do 4º bimestre de 2021. E assim, o Auxílio Brasil já está no cálculo da projeção do déficit primário do governo. Veja os detalhes abaixo.

Dev Aux no Caixa Tem e sumiço do auxílio emergencial? Entenda por que acontece

Auxílio Brasil já está no cálculo da projeção do déficit primário do governo

De acordo com o secretário especial do Tesouro e Orçamento, Bruno Funchal, “É o quarto relatório consecutivo com melhora no resultado primário de 2021”. No relatório divulgado em abril, a projeção era de déficit primário de 3,5% do PIB. Já em maio, a estimativa foi revisada para 2,2% do PIB, e em julho, o déficit foi para 1,8% do PIB. Por fim, a estimativa caiu para 1,6% do PIB.

De acordo com o subsecretário de Gestão Orçamentária, Márcio Oliveira, ao considerar o conjunto dos movimentos da despesa primária do governo, o relatório já engloba o pagamento de benefício mensal de R$ 300 para as famílias do Auxílio Brasil. De acordo com ele, a maior parte dessa despesa (em torno de R$ 7,7 bilhões), vai ser coberta, em 2021, com o dinheiro não desembolsado do Bolsa Família.

Para pagar o Auxílio Brasil em novembro e dezembro, o governo conta ainda, com R$ 1,6 bilhão de recursos resultantes do aumento temporário do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). Por outro lado, para 2022, o novo Auxílio Brasil não leva em conta, os recursos do IOF, destacou Funchal.

“O IOF nem teria capacidade de fazer a compensação para o programa no ano que vem”, explicou o secretário do Tesouro Nacional, Jeferson Bittencourt. A fonte de recursos para o Auxílio Brasil em 2022, é a tributação de lucros e dividendos, de acordo com a proposta do Imposto de Renda, que segue no Congresso Nacional. O novo Auxílio Brasil tem o custo de R$ 26 bilhões em 2022. Ademais, deve atender 17 milhões de famílias com valor médio de R$ 300 por mês.

Enfim, quer saber mais sobre tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Brastocks / shutterstock.com

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.