Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Auxílio emergencial: não incluídos tem apenas 10 dias para contestar

Saiba como fazer o pedido de contestação; prazo encerra em 12 de abril

0

Nesta sexta-feira (2) o Ministério da Cidadania finalmente liberou a lista de pessoas que terão direito aos novos pagamentos do auxílio emergencial. Desta vez, os depósitos variam entre R$ 150 e R$ 375, distribuídos em quatro parcelas para mais de 40 milhões de brasileiros. Os pagamentos iniciam a partir do dia 6 de abril. Assim, para saber se você foi liberado pelo governo para receber os novos pagamentos,  basta acessar o site do Ministério da Cidadania, o site da Caixa, ou ligar no telefone 111.

Porém, se você não é um dos 40 milhões de brasileiros aceitos para a renovação do programa emergencial, ainda é possível contestar a decisão. O prazo final de contestação se encerra no dia 12 de abril. Saiba mais a seguir.

É provável que você goste também:

Como saber se você vai receber o Auxílio Emergencial pelo site da Dataprev

Nubank libera aumento de limite de crédito através do saldo da conta

Imposto de Renda 2021: na declaração deve constar FGTS e auxílio emergencial

Auxílio emergencial: não incluídos tem apenas 10 dias para contestar. Saiba como

Então, se você não receberá o benefício, é possível fazer o pedido de contestação até o próximo 12 de abril. Para reclamar, é preciso fazer a consulta no Portal de Consultas da Dataprev para saber se foi considerado elegível ou não ao recebimento segundo os critérios deste ano. Além disso, você pode conferir informações sobre quem tem direito a receber o benefício no site do auxílio emergencial do Ministério da Cidadania.

Dessa forma, se o resultado da consulta for “inelegível”, clique no botão “Contestar”. Lembrando que o sistema aceita apenas critérios passíveis de contestação, ou seja, aqueles em que é possível haver atualização de bases de dados da Dataprev.

Saiba se você vai receber R$ 150, R$ 250 ou R$ 375 no Caixa Tem

Por fim, nessa nova rodada, a maior parte dos pagamentos será no valor de R$ 150, beneficiando cerca de 20 milhões de famílias, ou 43% dos contemplados totais. Já outras 16,7 milhões de famílias que têm mais de um integrante vão receber R$ 250. A maior cota, de R$ 375, deve ser paga a cerca de 9,3 milhões de mulheres que são as únicas provedoras de suas famílias. Veja mais a seguir:

  • Auxílio Emergencial de R$ 150: o valor de R$ 150 estudado pelo governo será destinado as famílias cuja composição é de apenas uma única pessoa. Vale lembrar que para este grupo o governo ainda não definiu o valor exato, portanto ele pode liberar outros valores, sendo R$ 125 ou R$ 175.
  • Auxílio Emergencial de R$ 250: novo valor padrão do auxílio emergencial. Esse valor será pago às famílias que possuem dois ou mais membros, com exceção das mães chefes de família que terão direito a um valor maior.
  • Enfim, o Auxílio Emergencial de R$ 375: esse é o maior valor que o governo quer pagar na nova prorrogação. Será destinado exclusivamente às mães chefes de família, e seu valor é 50% maior que o valor padrão.

Então, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Basta seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Brenda Rocha – Blossom/shutterstock.com

Comentários
Carregando...