Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Como saber se você está entre os 650 mil que devem devolver o auxílio emergencial?

Saiba mais sobre as ações realizadas pelo governo para cobrança dos valores

0

Na última semana, o Ministério da Cidadania começou a enviar mensagens de texto pelo celular (SMS) cobrando a devolução do auxílio emergencial pago indevidamente. Dessa forma, o comunicado do governo possui uma orientação detalhada sobre a devolução dos recursos e o pagamento de Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF). Segundo informações, apenas na quarta e quinta-feira da última semana, foram mais de 650 mil pessoas notificadas. E como saber se você está entre elas? Confira a resposta a seguir.

Como saber se você está entre os 650 mil que devem devolver o auxílio emergencial?

Portanto, segundo o Ministério da Cidadania, os trabalhadores notificados pertencem ao grupo que se cadastrou através das plataformas digitais para receber o auxílio emergencial em meio à pandemia do novo coronavírus. A devolução é necessária em duas situações: para pessoas que, ao prestarem contas na declaração do Imposto de Renda, declararam um rendimento tributável maior que R$22.847,76 em 2020; e para pessoas que receberam recursos de forma indevida por não se enquadrarem nos critérios de elegibilidade do auxílio.

Apesar das notificações, o governo não divulgou o montante de recursos do Auxílio Emergencial pago indevidamente. Porém, para saber se você está entre as pessoas que devem fazer o pagamento, é preciso esperar a mensagem de texto do governo. Nesse caso, é preciso fazer o pagamento da DARF ou acessar o endereço eletrônico para denunciar fraude e informar divergência de valores.

Seja membro

Por fim, você também pode acessar o site de devolução do Auxílio Emergencial e inserir o CPF do beneficiário para emitir uma Guia de Recolhimento da União (GRU). Com isso, é possível fazer o pagamento no Banco do Brasil (BB), caso não tenha o DARF aberto.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de créditoempréstimosfintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Miguel Lagoa / shutterstock.com

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.