Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Banco Central suspende a ferramenta que “caça” dinheiro esquecido

0

Na tarde de hoje (25), o Banco Central suspendeu temporariamente a ferramenta de consulta aos bancos sobre valores que os clientes têm a receber pelo Registrato – o sistema que reúne informações do consumidor junto ao sistema financeiro, como contas abertas e crédito contratado.

Em nota, o Banco Central informou que “o lançamento do Sistema Valores a Receber (SVR) gerou demanda de acessos muito acima da esperada, o que provocou instabilidade em sua página e também nos sites do BC, do Registrato e Minha Vida Financeira. Para estabilizar esses sites, o BC suspendeu temporariamente o acesso ao SVR”.

Mesmo com instabilidade, a instituição fixou mensagem na página inicial, uma mensagem com dois links, um para o site da autarquia e outro que encaminha diretamente para o SVR, todavia, os dois continuam apresentando problemas.

A instituição explicou que está “trabalhando para que o funcionamento dos sites seja normalizado o mais breve possível e também para o retorno do SVR. Manteremos o público informado quanto a esses desenvolvimentos e pedimos desculpas pelo transtorno”.

Nova ferramenta do Banco Central

Ontem (24), o Banco Central disponibilizou uma nova ferramenta para os brasileiros. Essa funcionalidade permite que clientes descubram se há valores “perdidos” em contas onde não foram informados pelos bancos.

De acordo com o Banco Central existem cerca de R$ 8 bilhões sob a posse de instituições financeiras que precisam ser devolvidos aos clientes. Essa funcionalidade foi lançada nesta segunda e consta no Registrato, sistema do BC.

Confira agora como pesquisar se parte dos R$ 8 bilhões esquecidos pertencem a você:

  • Entre no site do Banco Central;
  • Clique em “Minha Vida Financeira” ou “Registrato”;
  • Cadastre seu “CPF” ou “CNPJ”;
  • Confira os valores – se houver – a receber;
  • Informe a chave PIX.

Pronto! A devolução pode ser feita em até 10 dias úteis.

Nesta primeira fase, o Banco Central espera que aproximadamente R$ 3,9 bilhões de estejam retidos em decorrência das seguintes situações como:

  • contas-correntes ou poupança encerradas com saldo disponível;
  • tarifas e parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, desde que a devolução esteja prevista em Termo de Compromisso assinado pelo banco com o BC;
  • cotas de capital e rateio de sobras líquidas de beneficiários e participantes de cooperativas de crédito; e
  • recursos não procurados relativos a grupos de consórcio encerrados.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

É só seguir o Seu Crédito Digital no YouTube, Facebook, Twitter, Instagram e Twitch. Contudo, você acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Brenda Rocha – Blossom / Shutterstock.com

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar

Fechar