Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Banco do Brasil oferece financiamento imobiliário com juros de 3,45% ao ano

0

O Banco do Brasil oferece desde a última segunda-feira (09/12/2019), um financiamento de imóveis indexado ao IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo). Essa linha de financiamento imobiliário é mais uma alternativa para seus clientes, que podem optar entre duas modalidades de correção do saldo devedor (TR ou IPCA) nas linhas CH (Carteira Hipotecária) e SFH (Sistema Financeiro de Habitação).

É provável que você também goste:

Em ataque ao Nubank e Banco Inter, Santander oferece transferências grátis e ilimitadas

Mais de 80 mil beneficiários do INSS têm direito a receber até R$ 59 mil, veja como consultar.

Seja membro

Banco Inter baixa pela terceira vez a taxa de juros do financiamento imobiliário

Para a modalidade SFH, a linha financia até 70% do valor de imóveis residenciais que custem até R$ 1,5 milhão. Por outro lado, para a modalidade CH, o valor vai acima de R$ 1,5 milhão. No entanto, vale destacar que o prazo de financiamento é de, no máximo, 180 meses, e o FGTS só pode ser usado na modalidade SFH.

A linha de financiamento só pode ser contratada pelo Sistema de Amortização Constante (SAC), cuja principal característica é a redução do valor das parcelas com o passar do tempo. As taxas de juros iniciam em 3,45% ao ano, entretanto variam de acordo com o prazo da operação. Além disso, o nível de relacionamento do cliente com o Banco do Brasil também influencia na taxa de juros. Por fim, o produto está disponível apenas a clientes Estilo e Private.

Taxa de juros do Banco do Brasil é maior do que a da Caixa

A taxa de juros que o Banco do Brasil oferece é superior à da Caixa Econômica Federal, por exemplo, que começa em 2,95% ao ano e varia até 4,95% ao ano para servidores públicos em condições especiais. Por outro lado, para trabalhadores da iniciativa privada, as taxas iniciam em 3,25% ao ano.

Um detalhe interessante é que, ao contratar o financiamento imobiliário, os clientes serão avisados de que os valores das parcelas e o saldo devedor da operação mudarão conforme a inflação. Isso será feito, principalmente, com o objetivo de educá-los financeiramente e evitar que eles não consigam controlar suas dívidas.

Inicialmente, a simulação e a análise de crédito estão disponíveis somente em agências do Banco do Brasil. No entanto, em caso de aprovação do crédito, os clientes podem continuar o processo de financiamento imobiliário no App BB ou no internet banking.

Enfim, gostou da matéria?

Então, siga o nosso canal do YouTube, e nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao assunto de fintechs.

Imagem: site oficial do Banco do Brasil.

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.