Banco Original pagará R$ 60 a mais no auxílio emergencial para seus clientes e oferecerá outros benefícios

0

Com a pandemia do coronavírus, muitas instituições financeiras estão adotando medidas para ajudar seus clientes. Enquanto algumas reduziram juros, outras adiaram o prazo de vencimento da fatura. Por outro lado, Banco Original, decidiu ajudar seus clientes de uma forma diferente: a instituição pagará R$ 60 a mais no auxílio emergencial de seus clientes. Confira mais detalhes nessa matéria sobre esse e outros benefícios do Banco Original.

É provável que você também goste:

Consumidor de baixa renda está livre de pagar a conta de luz até junho. Saiba se você tem direito

Dívida sumiu no internet banking? Cuidado: você pode ser negativado no SPC ou Serasa

Auxílio emergencial: ERRO CPF NA BASE DO CADUN, o que significa?

Banco Original pagará R$ 60 a mais do auxílio emergencial para seus clientes

Como parte das ações para apoiar as pessoas afetadas pela crise gerada pelo COVID-19, o Banco Original – primeiro banco no Brasil a proporcionar abertura de conta corrente 100% digital – anunciou uma ação na qual vai oferecer mais R$ 60 para as pessoas beneficiadas pelo auxílio emergencial, que optarem por receber o benefício pelo banco. Para receber este adicional, os correntistas que tiverem direito ao auxílio devem cadastrar a sua conta do Original na hora de acessar o aplicativo Auxilio Emergencial ou no site do benefício.

O valor adicional será creditado na conta para os beneficiários que forem correntistas do Original, junto à primeira parcela do benefício.

Segundo Edilson Jardim, diretor de varejo PF do Banco Original, “essa foi uma forma simples e rápida que encontramos para ajudar os brasileiros mais afetados por essa crise econômica”. “Além disso, estamos anunciando 90 dias de prorrogação para pagamento de qualquer empréstimo pessoal para clientes do Original”, complementa.

O benefício adicional de R$ 60 e os 90 dias para pagamento de empréstimos vêm complementar uma série de ofertas anunciadas pelo banco recentemente e que incluem:

  • taxa zero para pagamento de boleto no cartão de crédito;
  • redução de juros para o parcelamento voluntário do cartão de crédito;
  • prazo de 90 dias para pagamento de parcela de renegociação de dívidas;
  • por fim, prazo de 90 dias para parcelamento de saldo de contratos.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: rafapress / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais