Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Bandidos utilizam SMS para roubar dados bancários em novo golpe

Aprenda a reconhecer e se proteger de tentativas de roubo de dados bancários

0

Criminosos começaram a usar nomes de bancos nacionais em mensagens via SMS para roubar dados bancários.

Nesse golpe os bandidos enviam mensagens do tipo phishing e utilizam uma técnica específica para burlar o sistema de filtros anti-spam.

É provável que você também goste:

Sicredi chega a marca de 2 mil agências no Brasil

Cuidado: novo golpe captura os seus dados por e-mail em falsa transferência Pix

Como o golpe funciona?

Os criminosos enviam SMS em nome de algum banco e na mensagem pedem os dados bancários pessoais da vítima.

Ao mudar alguns caracteres do texto é possível enganar o sistema de anti-spam, então os cibercriminosos utilizam esse artifício para roubar dados de cartões de crédito, Pix, entre outros.

Esse tipo de mensagem é conhecido como phishing, um termo em inglês referente às mensagens que possuem o intuito de roubar dados privados como identidade ou cartão de crédito.

Esse novo golpe foi descoberto pela Kaspersky, programa antimallware, que recomenda iniciar algumas medidas de segurança para evitar tornar-se vítima.

Links Falsos para roubar dados bancários

Alguns criminosos colocam links nas mensagens indicando a necessidade de download de algum aplicativo ou antivírus para proteger a vítima de “futuros golpes”. 

Entretanto, o intuito desse link é o oposto, pois ao clicar nele dados confidenciais como e-mail, Pix, cartões de crédito e até contas em redes sociais são invadidos. 

Os cibercriminosos podem vender os dados coletados para outras pessoas ou utilizá-los para seu ganho pessoal.

Por esse motivo recomenda-se evitar cliques em links duvidosos, principalmente se recebidos por mensagens via SMS ou e-mails.

Medidas de segurança para proteger dados bancários

De acordo com a Kaspersky, é possível evitar mensagens phishing visitando diretamente o site principal de um banco oficial.

Para garantir maior segurança, a recomendação é visitar o banco físico ou ligar para confirmar a veracidade da mensagem recebida.

Outra sugestão é fazer uso de um anti-vírus, já que softwares de segurança podem auxiliar e proteger os usuários contra golpes perigosos.

Importante ressaltar que as instituições não pedem senhas de cartões e contas. Além disso, bancos ou lojas online não avisam o usuário em caso de clonagem de cartão. 

Gostou da nossa matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais através do FacebookTwitter e Instagram. Assim você fica por dentro de tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo das fintechs.

Imagem: MagicMore/shutterstock.com

Comentários
Carregando...