Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Beneficiários do Bolsa Família possuem direito a auxílio de R$ 1.412; veja como receber

Atenção, beneficiários do Bolsa Família poderão receber um auxílio adicional no valor de R$ 1.412. Saiba mais detalhes!

Recentemente, houve propostas de mudanças no cálculo da renda para o Bolsa Família para favorecer aqueles que têm crianças ou adolescentes com deficiência. Assim, esta medida destaca a importância de ajustar políticas públicas para melhor atender às necessidades dos menos favorecidos.

Dessa forma, a Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Câmara dos Deputados aprovou uma proposta que garantirá que o recebimento do Benefício da Prestação Continuada (BPC) por menores com deficiência não resulte na exclusão destas famílias do programa Bolsa Família, por conta do critério de renda.

Como receber o auxílio de R$ 1.412 no Bolsa Família

Portanto, o BPC é um programa do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que oferece suporte financeiro no valor de um salário mínimo (R$ 1.412) para idosos acima de 65 anos e pessoas de qualquer idade com deficiência, promovendo assim um suporte básico para a sobrevivência. 

No entanto, esse benefício penalizava beneficiários do Bolsa Família quando o valor entrava no cálculo da renda familiar, empurrando-os para fora do limite de renda permitido para a permanência no programa.

No entanto, a deputada Luisa Canziani (PSD-PR) esclarece que o objetivo central da proposta é prevenir que o recebimento do BPC por crianças e adolescentes com deficiência se torne um motivo para a exclusão de outras assistências destinadas à família, como o Bolsa Família.

Pessoa segurando celular com logo da Bolsa Família.
Imagem: rafapress / shutterstock.com

Como está o andamento da proposta

Enfim, a partir de agora, o projeto seguirá para análise nas comissões de Previdência, Assistência Social, Infância, Adolescência e Família; de Finanças e Tributação; e pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara. 

Veja também:

Novo cartão de ônibus para idosos a partir de 60 anos é decretado por Lula!

Assim, este será um período de extrema importância, em que a seriedade e o impacto desta proposta passarão por avaliação. Por fim, a esperança é que a decisão resulte na implementação dessas mudanças essenciais, mantendo o acesso ao Bolsa Família para muitas famílias que, mesmo após começarem a receber o BPC, continuam enfrentando desafios significativos.

Imagem: rafapress / shutterstock.com