Black Friday 2020: fique atento para não cair em golpes

Diversos tipos de golpes são criados para enganar consumidores menos atentos na Black Friday.

0
PUBLICIDADES
PUBLICIDADES

Programada para o dia 27 de novembro, a Black Friday sem dúvida é um dos eventos mais esperados do ano pelos consumidores. Afinal, todos os anos ela movimenta bilhões de reais, sobretudo na internet, que é onde as ofertas tendem a ser melhores. No entanto, nem tudo são flores e há muita gente que se aproveita do momento para aplicar golpes. Inclusive já até criaram um apelido para esse tipo de golpe: a “Black Fraude”. Sendo assim, nesse artigo vamos dar dicas sobre como evitar cair em golpes na Black Friday 2020.

É provável que você também goste:

PUBLICIDADES

Governo pode pagar o Renda Cidadã com impostos de jogos de azar

PUBLICIDADES

Promoção dos cartões Bradesco oferece R$ 2 milhões em prêmios

Mentoria gratuita com Magazine Luiza ensina como ter sucesso na Black Friday 2020

1- Evite comprar produtos com descontos falsos na Black Friday

Esse truque é muito famoso e ocorre quando a empresa dobra o valor do produto alguns dias antes da Black Friday para, no dia do evento, dar um desconto de 50%. Ou seja, o preço do produto é o mesmo de sempre. Nesse caso, a empresa está tentando induzir o consumidor a comprar o produto ao passar a falsa ideia de que ele está em promoção.

PUBLICIDADES
PUBLICIDADES

Para evitar esse golpe, a nossa dica é que você acompanhe o histórico de preços do produto, para ver se ele de fato está em promoção.

2- Não faça compras em sites falsos

Na Black Friday, um golpe muito comum são os sites falsos. Nesse tipo de golpe, os criminosos criam cópias de sites famosos e usam esses sites para roubar dados dos cartões de crédito dos consumidores. Esse golpe é conhecido pelo nome de “phishing” e pode ocorrer em qualquer época do ano.

Para não cair nesse golpe, a dica é checar sempre a URL e ver se ela corresponde mesmo ao site oficial da empresa. Em muitos casos, a diferença entre o site verdadeiro e o site falso é de apenas uma letra. Por exemplo, se a URL oficial do site do Magazine Luiza é “https://www.magazineluiza.com.br/”, o golpista pode criar o site falso “https://www.magazineluisa.com.br/”, com um “s” no lugar do “z”. Ter atenção aos detalhes é fundamental para não cair nesse tipo de golpe.

3- Cuidado com promoções em e-mails e nas redes sociais

Por fim, você deve sempre tomar cuidado com promoções recebidas por e-mail ou em redes sociais. Se uma oferta da Black Friday 2020 chegar até você por e-mail, WhatsApp ou rede social, confira no site oficial da empresa se ela realmente existe. Muitas vezes, criminosos enviam links com falsas promoções por e-mail ou WhatsApp para fazer a vítima informar os dados de seu cartão.

Como se prevenir dos golpes na Black Friday 2020

  • Em primeiro lugar, ao fazer uma compra, use sempre uma conexão confiável. Essa conexão pode ser da sua própria casa ou os dados móveis de seu celular.
  • Veja se o site tem o certificado de segurança (https) e o símbolo de um cadeado na barra de endereços.
  • Tenha cuidado ao clicar em banners ou pop-ups, pois muitos deles podem ser de sites maliciosos, com vírus.
  • Por último, a nossa dica é usar um bom antivírus em seu computador ou celular ao fazer suas compras na Black Friday 2020.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitter Instagram. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc.

Imagem: fizkes / Shutterstock.

PUBLICIDADES
PUBLICIDADES
PUBLICIDADES
Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar