Cada vez mais utilizamos a internet para fazer as compras, e as compras se intensificam na Black Friday, que ocorre na próxima sexta-feira (29). Como essa data movimenta bastante o e-commerce brasileiro, criminosos aproveitam para atrair as vítimas a sites falsos, com a intenção de captura de dados pessoais (para engenharia social), e para roubar dados de cartão de crédito. Para evitar que os consumidores sejam lesados nessa época, o Procon-SP mantém uma tradicional lista de sites fraudulentos e lojas virtuais suspeitas, que devem ser evitados. Confira e evite cair em golpes.

É provável que você também goste:

Como fazer um empréstimo de até R$ 15 mil pelo Microcrédito Progredir do Bolsa Família?

Vendas na Black Friday devem crescer em 2019, diz Boa Vista

Cartão Brastemp: desconto de até R$ 5 mil e parcelamento em até 21x

Black Friday: Procon-SP divulga lista de sites fraudulentos para evitar

Até este momento, a relação do Procon-SP conta com 307 sites fraudulentos. Ou seja, que tiveram reclamações dos consumidores devidamente registradas no órgão, foram posteriormente notificadas e não responderam ou não foram encontradas. A primeira vez que o Procon-SP divulgou essa lista foi em julho de 2011, e a mantém permanentemente atualizada.

Ademais, além da URL da página, a lista também mostra informações como a empresa ou pessoa responsável pela loja virtual, o CNPJ ou CPF (caso seja administrada por pessoa física), bem como a situação atual da loja – “No ar” ou “Fora do ar”.

Como consultar a lista de sites fraudulentos do Procon-SP:

Para verificar a lista completa, basta acessar a página do Procon-SP aqui neste link.

Considerações finais

Cabe ressaltar que existe um número muito maior de sites fraudulentos por aí, e não bastaria apenas você seguir essa lista. Contudo, já é uma excelente dica para evitar cair em golpes.

Aliás, para evitar cair em golpes, é necessário tomar alguns cuidados, como verificar a autenticidade do site, a reputação, as formas de pagamento, além de jamais clicar em links suspeitos, espalhados pelas redes sociais ou em grupos de WhatsApp.

Enfim, gostou da matéria?

Então, siga o nosso canal do YouTube, e nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao assunto de fintechs.

Imagem: PopTika/Shutterstock.com