Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Boa notícia! INSS deve antecipar pagamento do 13º a aposentados e pensionistas

A antecipação do 13º do INSS, que deverá ocorrer em duas parcelas, tem como objetivo injetar cerca de R$ 66 bilhões na economia. Veja mais!

O governo federal prevê antecipar o pagamento do 13º salário para os beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Assim, a antecipação, que deverá ocorrer em duas parcelas, tem como objetivo injetar cerca de R$ 66 bilhões na economia brasileira no primeiro semestre do ano.

Dessa forma, a minuta do decreto com a proposta de antecipação já foi enviada ao Palácio do Planalto e aguarda apenas o aval do Tesouro Nacional. Então, logo após essa aprovação, o decreto será assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e publicado. Veja mais detalhes do pagamento!

Quem terá direito ao 13º antecipado do INSS?

Portanto, além dos aposentados e pensionistas, têm direito ao 13º do INSS os titulares de auxílio por incapacidade temporária (antigo auxílio-doença), auxílio-acidente ou auxílio-reclusão. No entanto, aqueles que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), por se tratar de um benefício assistencial, não têm direito ao abono.

Vale lembrar que, tradicionalmente, o 13º do INSS era pago no segundo semestre de cada ano, em agosto/setembro (primeira parte) e novembro/dezembro (segunda parcela). No entanto, em 2023, a antecipação ocorreu nos meses de maio/junho e junho/julho.

Veja também:

McDonald’s pagará indenização por assédio sexual; entenda a polêmica!

Em 2023, mais de 30 milhões de pessoas receberam adiantamento. Isso representou um repasse da União de R$ 62,6 bilhões.

Celular com app do INSS aberto em cima de notas de R$ 100 e R$ 50, referentes ao valor que a Caixa vai liberar
Imagem: rafapress / shutterstock.com

Possível calendário de pagamento do 13º

Assim, caso realmente aconteça a antecipação do 13º do INSS e o governo siga os mesmos meses de repasses do ano passado, o calendário de pagamento do abono acontecerá da seguinte forma:

1ª parcela

Beneficiários que recebem até um salário mínimo:

Último número do benefícioData do pagamento 
124 de maio
227 de maio 
328 de maio
429 de maio
531 de maio
63 de junho
74 de junho
85 de junho
96 de junho
07 de junho
Fonte: INSS

Beneficiários que recebem mais que um salário mínimo:

Último número do benefícioData do pagamento 
1 e 63 de junho
2 e 74 de junho
3 e 85 de junho
4 e 96 de junho
5 e 07 de junho
Fonte: INSS

2ª parcela

Beneficiários que recebem até um salário mínimo:

Último número do benefícioData do pagamento 
124 de junho
225 de junho
326 de junho
427 de junho
528 de junho
61 de julho
72 de julho
83 de julho
94 de julho
05 de julho
Fonte: INSS

Beneficiários que recebem mais que um salário mínimo:

Último número do benefícioData do pagamento 
1 e 61 de julho
2 e 72 de julho
3 e 83 de julho
4 e 94 de julho
5 e 05 de julho
Fonte: INSS

Imagem: rafapress / shutterstock.com